Nova avenida Vitória: concreto à direita e mais árvores

Nova avenida Vitória: concreto nas vias e mais árvores na cidade
Há trechos que só estão passando um veículo por vez (Foto - Renato Cabrini)

As faixas da direita terão concreto em vez de asfalto

Quem passa pela avenida Vitória já percebe que as equipes já fazem a quebra do asfalto da terceira faixa da via. Os trabalhos tiveram início nesta terça-feira (26) na altura da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Aristóbulo Barbosa Leão, seguindo no sentido César Hilal. As intervenções contemplam ainda a instalação de ciclovia e microdrenagem.

O asfalto da via da direita será quebrado e a concretagem será feita logo após a quebra. A terceira faixa, por onde passam os ônibus e veículos mais pesados, será revestida de concreto, pois a durabilidade é maior que o asfalto.

“A via com fluxo de veículos mais pesados, por onde passam os ônibus, será refeita com concreto e não asfalto, pois a durabilidade do concreto é muito maior em pistas por onde passam coletivos e caminhões. A durabilidade é até três vezes maior. Na próxima semana, começa a concretagem desse trecho”, comentou o secretário executivo da Central de Serviços, Weverton Moraes.

No restante da avenida, a obra continua com a retirada do canteiro central, revisão da rede de drenagem e asfaltamento das pistas centrais.

A obra tem previsão de terminar até o fim de 2020. As máquinas trabalham sem parar, inclusive durante a noite e aos sábados, domingos e feriados, fazendo a reabilitação da malha viária e da reurbanização.

Nova avenida Vitória
Algumas árvores precisarão ser retiradas (Foto – Renato Cabrini)
Arborização

A obra da nova avenida Vitória prevê a preservação das características da maioria das árvores existentes no canteiro central da via. Porém, devido à necessidade de retirada de algumas árvores que estão doentes ou fora do alinhamento do canteiro, a prefeitura da capital realizará a compensação ambiental por meio do plantio do dobro da quantidade de espécies que serão removidas.

Receberão os plantios de mudas as calçadas ao longo da extensão da avenida Vitória, bem como os bairros do entorno (que estão nas áreas de influência direta e indireta da via), especialmente Bento Ferreira e Bairro de Lourdes.

Outros bairros também serão contemplados, mediante avaliação prévia da Gerência de Áreas Verdes, atendendo às diretrizes técnicas de plantios previstos no decreto nº 17.699/2019, que estabelece o Plano Diretor de Arborização e Áreas Verdes do Município de Vitória (PDA).

No primeiro trecho das obras, entre a avenida César Hilal e a rua Amélia da Cunha Ornelas, próximo ao Conselho Regional de Contabilidade (CRC), serão removidos 27 arbustos de espirradeiras e uma árvore de espécie ipê roxo, cujos trabalhos de manejo serão realizados a partir desta quarta-feira (27).

Leia também
Conteúdo Publicitário