25 C
Vitória
domingo, 24 maio, 2020

Na pandemia, consumidores priorizam pagamento de despesas básicas, diz pesquisa

Leia Também

“Os Saltimbancos” no Diversão em Cena ArcelorMittal Online

A história gira em torno de um grupo de animais descontentes com a vida no campo se aventura pela cidade, em busca de uma carreia musical.

Como a crise pode transformar as pessoas?

Cada indivíduo tem tentado buscar inovações e novas posturas em meio a situação  de incerteza onde o aprendizado, visões e valores tem sido reconfigurados para vencer os desafios ora estabelecidos.

Robô virtual de Vila Velha oferta cursos gratuitos pelo Whatsapp

O primeiro curso divulgado é o “Empreenda Vila Velha Digital”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec).

Vila Velha 485 anos: um município cheio de riquezas e cenários paradisíacos

Nesta quinta-feira (23), é celebrado o Dia da Colonização do Solo Espírito-Santense, e também os 485 anos de Vila Velha. Confira um pouco sobre a cidade!

Em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, brasileiros priorizam o pagamento das contas básicas

Por Gabriel Caldeira (AE)

A perda de renda em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus tem feito consumidores brasileiros priorizarem o pagamento das despesas domésticas mais básicas, segundo revela pesquisa da Boa Vista. Das cerca de 450 pessoas ouvidas pelo instituto, 43% dizem que preferem pagar primeiro contas relacionadas a consumos indispensáveis. Entre elas, as contas de luz (72%) e energia (63%) foram as mais citadas como prioridades, seguidas de TV a cabo e internet (42%) e contas de gás (40%).

Em último, apenas 17% dos consumidores citaram as despesas com telefone fixo.

Em segundo lugar, a prioridade de 30% dos entrevistados são as contas por boleto, como as de aluguel domiciliar (33%), planos de saúde (33%), condomínio (25%), educação (19%) e impostos como IPVA e IPTU (ambos com 17% das citações). Neste mesmo segmento de gastos, 15% dos consumidores citaram o seguro de automóveis e 7% disseram que o plano de previdência privada é a prioridade de pagamento.

Abaixo das duas primeiras categorias, o pagamento de cartão de crédito reuniu 13% das menções dos entrevistados. Menos priorizados pelos consumidores neste momento, financiamentos, empréstimos e crediários tiveram apenas 8%, 5% e 1% das citações, respectivamente.

A pesquisa feita pela Boa Vista colheu depoimentos de consumidores de todo o Brasil entre os dias 9 e 15 de abril. Segundo a instituição, o levantamento tem margem de erro de três pontos porcentuais, para mais ou para menos, e grau de confiança de 80%.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Na pandemia, consumidores priorizam pagamento de despesas básicas, diz pesquisa

A crise provocada pela pandemia do novo coronavírus tem feito consumidores brasileiros priorizarem o pagamento das despesas domésticas mais básicas.

Receita abre consulta a 1º lote da restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal liberou na manhã desta sexta-feira, 22, a consulta ao primeiro lote da restituição do Imposto de Renda 2020.

É hora da volta do turismo?

Recepcionistas e camareiras de máscara e protetor facial. Termômetro de infravermelho no check-in. Café da manhã à la carte ou então servido no quarto. Grupos pequenos na visita a atrações.

Juros devem permanecer baixos por um tempo, segundo FMI

Tobias Adrian, sugeriu que os bancos retenham as receitas em seus balanços, evitando pagamento de dividendos, a fim de preservar as condições de capitais

Vida Capixaba

“Os Saltimbancos” no Diversão em Cena ArcelorMittal Online

A história gira em torno de um grupo de animais descontentes com a vida no campo se aventura pela cidade, em busca de uma carreia musical.

Medidas de distanciamento social podem durar até 2022, segundo pesquisa

De acordo com a pesquisa, caso não haja alguma vacina ou um tratamento aprimorado até 2022, medidas de distanciamento social prolongadas ou intercaladas deverão ser tomadas.

Nova avenida Vitória: 75% das obras estão concluídas

As obras começaram há sete meses e contempla a reabilitação e reurbanização da malha viária, além da implantação de ciclovia e trabalho de microdrenagem.

Prefeitura da Serra reduzirá salários de prefeito e secretários durante a pandemia

A intenção é que seja reduzido na folha de pagamento 30% dos salários do prefeito Audifax Barcelos e da vice-prefeita Marcia Lamas, e 10% dos salários dos secretários.
Continua após publicidade