Municípios continuam sendo atingidos pelas chuvas no ES

As ruas estão completamente alagadas por causa das chuvas. - Foto: Letícia Oliveira / Next Editorial

Os municípios estão sendo impactados pelas fortes chuvas que atingem o estado desde o início da madrugada dessa quarta-feira (13)

As chuvas que atingem o Espírito Santo desde a madrugada dessa quarta-feira (13) continuam impactando os moradores dos municípios. Muitos estão em estado de alerta, segundo a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDEC).

A região Serrana é a mais impactada até o momento. O município de Domingos Martins teve o maior acumulado de chuva das últimas 24h, marcando 187, 1 mm de água. Muitas ocorrências foram registradas.

Houve a queda de barranco em um trecho da BR-262, que dá acesso à entrada do município, na altura do restaurante Sombra da Serra. A pista está liberada e os carros trafegam normalmente por lá.

Tratores e caminhões ficaram pendurados na garagem da prefeitura de Domingos Martins. – Foto: internauta

Além disso, outro deslizamento de barranco abriu um grande buraco na garagem da Prefeitura de Domingos Martins, em Campinho. Caminhões e tratores ficaram pendurados. De acordo com a Defesa Civil municipal informou que equipes trabalham no local para a retirada dos veículos.

Em Santa Leopoldina, uma família ficou soterrada e precisou ser resgatada pelo helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer) da Polícia Militar.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o nível da água no Rio Santa Maria da Vitória dificultou a chegada ao local, mas o resgate foi realizado. Entretanto, ainda não sabe o estado de saúde das vítimas.

Famílias ficaram soterradas por causa das chuvas em Santa Leopoldina. – Foto: internautas
Outras ocorrências

O cemitério de Santa Isabel, em Domingos Martins, também teve parte da estrutura danificada após o temporal que atingiu o município.

Em Alegre, os ventos chegaram a 70 km/h. O vendaval provocou o destelhamento de 30 edificações e cerca de quatro famílias estão desalojadas. Segundo a CEPDEC, também houve queda de energia, de árvores, e postes de energia ficaram comprometidos.

Em Vitória, houve queda de árvores no Bairro Gurigica. E um imóvel foi interditado em Jardim da Penha por causa da infiltração no teto, causando desplacamento do gesso. Além disso, três casas no bairro Consolação foram interditadas pela Defesa Civil, por conta de um possível desabamento de um muro.

Em Jardim Marilândia, o nível da água está alto e muitas residências estão alagadas. – Foto: Genison Kobe / Next Editorial

A situação também está crítica em Vila Velha. Em Jardim Marilândia, o nível da água está alto e muitas residências estão alagadas. Já no bairro Rio Marinho, os bairros no entorno também sofrem com a inundação.

Coletivos

Os moradores da Grande Vitória também estão encontrando dificuldades para embarcar nos coletivos. Isso porque diversos pontos estão alagados e algumas linhas estão operando com horários alternativos.

A Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-ES) informa que a operação do Transcol na manhã desta quinta-feira (14) está voltando ao normal, embora ainda existam pontos de alagamento que podem gerar atrasos e desvios de itinerário dos coletivos.

Por conta das chuvas, os ônibus estão desviando trajetos. – Foto: Reprodução

Em Viana, entretanto, a situação permanece complicada. As linhas 982,983,984, 985 e 986 estão com dificuldades de operar devido às vias com alagamento. As outras  linhas do município estão operando com itinerário alternativo. E na Serra, devido as más condições das vias, as linhas 890, 891, 894, 896 e as linhas que passam pela BR 101 (próximo ao Atacadão), estão realizando desvios.

Previsão do tempo

Ao longo da quinta-feira a instabilidade diminui no Estado, mas ainda são esperadas chuvas rápidas ao longo do dia em todas as regiões capixabas.

Segundo o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural  (Incaper), a temperatura diurna começa a aumentar um pouco e o vento sopra de intensidade moderada por todo o litoral capixaba podendo ter algumas rajadas no litoral sul.

Na Grande Vitória, sol entre nuvens e chuva rápida em alguns momentos.
Temperatura mínima de 22 °C e máxima de 29 °C. Em Vitória, a mínima de 22 °C e máxima de 29 °C.

*Mais informações você acompanha em nosso site. E mais imagens você pode conferir em nossas mídias sociais.

Leia Também:
Conteúdo Publicitário