20.9 C
Vitória
sábado, 8 agosto, 2020

Ideias econômicas e mudanças institucionais no Brasil

Leia Também

Congresso decreta luto oficial de 4 dias após 100 mil mortes por covid-19

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), informou neste sábado (8) que o Congresso decretou luto oficial de quatro dias em solidariedade "a todos...

Dia Nacional de Combate ao Colesterol com alerta

O dia 8 de agosto é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Colesterol, data criada para a conscientização e prevenção de doenças cardiovasculares,...

Dia dos Pais terá que ser celebrado de uma maneira diferente neste ano

Desde o inicio da pandemia no Brasil, em meados de março, os encontros presenciais foram suspensos. Dia das Mães, Páscoa, e até mesmo os...

O obstáculo cultural à mudança institucional que acertaria o País

A economia funciona sob pilares que ela mesma determina para si. Eles são os fundamentos para o modelo de estrutura produtiva que se pretende alcançar, formulados segundo ideias que diagnosticam e prognosticam as condições para funcionamento ideal da economia. São as referências institucionais para implementar as mudanças necessárias para o avanço de um país.

O processo de formulação de uma ideia econômica é subproduto das necessidades de respostas da economia. Quanto melhor sua capacidade de equacionar os problemas enfrentados, maior sua capacidade para reduzir as incertezas, e promover as mudanças institucionais demandadas por ela. É o poder político de uma ideia econômica. Processo que possui dinâmica imprevisível conforme a reação dos agentes econômicos aos seus efeitos.

Uma ideia econômica sustenta que, depois que ela estiver completamente implementada, eliminará a distorção que a anterior produzia. A  questão é que, invariavelmente, depara-se com mais de uma distorção. Como nenhuma equipe econômica consegue corrigir, simultaneamente, todas as distorções, há o risco de que, ao se corrigir uma, deixar a impressão de que houve piora, ao invés de melhora, para o ambiente econômico. Assim, a agenda de mudanças precisa definir a sequência em que as medidas serão adotadas; e como serão mediadas, simultaneamente, as mudanças e seus efeitos.

Como esse gradualismo afeta os interesses de grupos específicos, ele reproduz focos de pressão contra as mudanças – que podem, inclusive, desvia-las dos objetivos propostos. A habilidade do Governo para coordenar esse contramovimento é fundamental para garantir continuidade dessas mudanças. Porém, ela depende da qualidade de sua Governança. É ela que o permitirá conquistar e sustentar apoio político, de diferentes grupos de interesses, para a ideia proposta, e promover os avanços necessários. Mas o Governo do Brasil não possui essa Governança.

Uma ideia econômica sustenta que, depois que ela estiver completamente implementada, eliminará a distorção que a anterior produzia

 

A economia brasileira entrou em 2018 mergulhada em incertezas e estrangulada pelos entraves institucionais ao seu funcionamento. Depara-se com inconsistente e insuficiente aparato regulatório; um complexo, regressivo e oneroso sistema tributário; e desequilíbrio fiscal endêmico. Adicionalmente,  enfrenta crise de representatividade devido a fragilidade no sistema político diante as denúncias de corrupção contra o chefe do Poder Executivo federal, e a maioria absoluta dos parlamentares do legislativo.

O quadro é o de uma sociedade que precisa de ampla reforma institucional mas que está inerte. O fisiologismo do Estado Patrimonialista disseminou fragilidade no sistema político e fortaleceu o contramovimento dos grupos de pressão.  O esforço pelo ajuste fiscal – reforma da previdência, regulamentação da nova legislação trabalhista , reforma sistema tributário – foi redirecionado para defender os projetos individuais do Presidente da República e do Ministro da Fazenda. O primeiro, para angariar apoio do legislativo para sustentar-se no poder; o segundo para angariar apoio político para sua candidatura a presidente da república.

Esses redirecionamentos deram força para os grupos de pressão manterem seus interesses e postergar ou desfigurar as propostas de mudanças. Moral da história: no Brasil, os avanços institucionais dependem das conveniências políticas, não do poder político de uma ideia econômica.


Arilda Teixeira – Economista e professora da Fucape

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

ESB 179 Digital
Continua após publicidade

Fique por dentro

Balança comercial tem superávit de US$ 8,060 bilhões em julho

O resultado de julho foi mais do que o dobro registrado no mesmo mês do ano passado, quando foi positivo em US$ 2,391 bilhões

Educação é a maior despesa dos municípios capixabas

Levantamento da 26ª edição do anuário Finanças dos Municípios Capixabas, da Aequus Consultoria, publicado em julho de 2020, traz um apanhado detalhado da gestão...

Iluminação de Vila Velha: confira resultado do leilão

O parque de iluminação pública de Vila Velha (ES) será ampliado e modernizado pelo Consórcio SRE – IP Vila Velha, pelos próximos 20 anos.

Dia dos Pais: 47,8% das pessoas comprarão presentes on-line

De acordo com uma pesquisa, 57,6% das pessoas entrevistadas pretendem celebrar o Dia dos Pais; 21,5% ainda estão na dúvida sobre comemorar ou não.

Vida Capixaba

Mostra on-line de arte e cultura em Vitória

A distância dos palcos não impediu que os alunos dos espaços culturais da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) se apresentassem ao público em 2020. Durante...

Dia internacional da cerveja: mulheres ganham cada vez mais espaço

Apesar de ainda sofrerem preconceito, mulheres estão cada vez mais conquistando espaço no meio cervejeiro. A data é comemorada sempre na primeira sexta-feira de agosto,...

Curso gratuito de gestão

Empresa de tecnologia lançou o treinamento para formação de gestores com foco ERP devido a carência de bons gestores com capacidade para desenvolver o...

Espaço Baleia Jubarte reaberto

O Projeto Baleia Jubarte e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, junto com o Projeto TAMAR, prepararam um protocolo de segurança específico para o Espaço Baleia Jubarte e Centro de Visitantes
Continua após publicidade