27.7 C
Vitória
terça-feira, 30 novembro, 2021

MPES exige comprovante de vacina para servidores

A medida foi tomada após decisão de ampliar o atendimento no MPES para as atividades presenciais nas dependências da instituição

Por Josué de Oliveira

O Ministério Público do Espírito Santo (MPES) baixou uma portaria que obriga servidores a tomar a vacina contra a Covid-19.

Segundo o MPES, a medida visa garantir a segurança, saúde e bem-estar de todos que frequentam, trabalham ou acessam as dependências da instituição.

O órgão anunciou ainda que ampliou as atividades presenciais nas unidades físicas do MPES.

Membros, servidores, estagiários e demais colaboradores terão que fazer a atualização dos dados no período compreendido entre 23 e 29 de novembro de 2021, com as informações relativas à vacinação.

Caberá às empresas privadas cobrarem e comprovarem a imunização dos funcionários contratados, em atividade no MPES ou que prestem serviços para a instituição.

A ampliação do atendimento presencial ao público passa a vigorar a partir de 1º de dezembro de 2021.
A medida leva em conta o atual momento de queda sustentada dos índices da pandemia do novo coronavírus, com mais de 90% dos municípios capixabas classificados como de risco baixo no Mapa de Risco da Covid-19 do Governo do Estado

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade