27.1 C
Vitória
terça-feira, 30 novembro, 2021

Ministério afirma que valorização do real não afetará exportações este ano

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a cotação continua atrativa para os exportadores

A queda de 18,6% do dólar no primeiro semestre não deverá afetar as vendas externas brasileiras neste ano, segundo o diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Herlon Brandão.

Mesmo com o recuo nos seis primeiros meses de 2016, o dirigente afirma que a cotação continua atrativa para os exportadores e que a maioria dos contratos comerciais é fechada com meses de antecedência. Brandão não informou projeções, mas disse esperar que o câmbio médio em 2016 feche o ano em um nível maior que o de 2015.

“A última edição do Boletim Focus [pesquisa semanal com instituições financeiras feita pelo Banco Central] estima câmbio de R$ 3,60 no fim do ano. Se o dólar fechar nesse nível, certamente o câmbio médio ficará acima do observado em 2015”, acrescentou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade