Madeiras Ecológicas na construção civil capixaba

Madeiras Ecológicas, empresa Brasileira do grupo italiano Geofin que produz e distribui madeira composta está chegando agora ao Brasil. A previsão é de que sejam investidos aproximadamente R$ 6 milhões no município da Serra para a produção e comercialização do produto.
Ao dar início a uma obra, é preciso considerar que a escolha dos materiais deve estar orientada para a preservação e recuperação do meio ambiente. Afinal, o conceito de sustentabilidade lançou um novo olhar para a forma como a construção civil impacta a natureza. Os projetos de reforma ou construção levam cada vez mais em conta o ‘prazo de validade’ de determinado empreendimento, bem como os custos e os recursos – inclusive naturais – que serão despendidos em sua manutenção e operação.

Dentro desse contexto, a utilização de madeira na construção sofreu mudanças nos últimos anos, em função da escassez de espécies nativas utilizadas. Esse cenário contribuiu para a difusão do reflorestamento planejado e do uso de manejo sustentável, não só para garantir a matéria-prima para as obras, mas também a preservação das florestas nativas.

Segundo o gerente de negócios da Madeiras Ecológicas, Lucas Chequer, o produto é uma madeira composta que utiliza 70% resíduos de madeira da indústria moveleira e 30% de polietileno de alta densidade. Além de ecologicamente correto, outra grande vantagem é que a manutenção é zero. “Para se ter uma idéia, esta madeira é utilizada em decks e não é necessário lixar ou envernizar como a madeira comum, não perde a cor com o tempo, não apodrece, não tem farpas e é ecologicamente correto”.

A Madeiras Ecológicas chega ao mercado brasileiro com a proposta de oferecer uma alternativa viável aos materiais tradicionais: madeira, mas com performance superior.

Vantagens do produto
– Nenhuma árvore é derrubada
– Maior durabilidade contra as ações do tempo
– Maior resistência à corrosão, fungos ou bolores
– Não tem farpas
– Manutenção zero
– Maior flexibilidade na produção

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome