24 C
Vitória
segunda-feira, 10 agosto, 2020

Madeiras Ecológicas na construção civil capixaba

Leia Também

Nova etapa do inquérito sorológico em Vitória

Nesta segunda-feira (10), teve início mais uma etapa do inquérito sorológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) em Vitória, ao todo serão realizados...

211 vagas de emprego em Cariacica

Os munícipes têm a ajuda da Agência do Trabalhador, que esta semana está divulgando 211 vagas, sendo 55 são destinadas à Pessoa com Deficiência...

Estimativa para Selic no fim de 2020 permanece em 2,00% ao ano no Focus do BC

Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2020. O Relatório de Mercado...

Madeiras Ecológicas, empresa Brasileira do grupo italiano Geofin que produz e distribui madeira composta está chegando agora ao Brasil. A previsão é de que sejam investidos aproximadamente R$ 6 milhões no município da Serra para a produção e comercialização do produto.
Ao dar início a uma obra, é preciso considerar que a escolha dos materiais deve estar orientada para a preservação e recuperação do meio ambiente. Afinal, o conceito de sustentabilidade lançou um novo olhar para a forma como a construção civil impacta a natureza. Os projetos de reforma ou construção levam cada vez mais em conta o ‘prazo de validade’ de determinado empreendimento, bem como os custos e os recursos – inclusive naturais – que serão despendidos em sua manutenção e operação.

Dentro desse contexto, a utilização de madeira na construção sofreu mudanças nos últimos anos, em função da escassez de espécies nativas utilizadas. Esse cenário contribuiu para a difusão do reflorestamento planejado e do uso de manejo sustentável, não só para garantir a matéria-prima para as obras, mas também a preservação das florestas nativas.

Segundo o gerente de negócios da Madeiras Ecológicas, Lucas Chequer, o produto é uma madeira composta que utiliza 70% resíduos de madeira da indústria moveleira e 30% de polietileno de alta densidade. Além de ecologicamente correto, outra grande vantagem é que a manutenção é zero. “Para se ter uma idéia, esta madeira é utilizada em decks e não é necessário lixar ou envernizar como a madeira comum, não perde a cor com o tempo, não apodrece, não tem farpas e é ecologicamente correto”.

A Madeiras Ecológicas chega ao mercado brasileiro com a proposta de oferecer uma alternativa viável aos materiais tradicionais: madeira, mas com performance superior.

Vantagens do produto
– Nenhuma árvore é derrubada
– Maior durabilidade contra as ações do tempo
– Maior resistência à corrosão, fungos ou bolores
– Não tem farpas
– Manutenção zero
– Maior flexibilidade na produção

Continua após a publicidade
Continua após publicidade

Fique por dentro

Balança comercial tem superávit de US$ 8,060 bilhões em julho

O resultado de julho foi mais do que o dobro registrado no mesmo mês do ano passado, quando foi positivo em US$ 2,391 bilhões

Educação é a maior despesa dos municípios capixabas

Levantamento da 26ª edição do anuário Finanças dos Municípios Capixabas, da Aequus Consultoria, publicado em julho de 2020, traz um apanhado detalhado da gestão...

Iluminação de Vila Velha: confira resultado do leilão

O parque de iluminação pública de Vila Velha (ES) será ampliado e modernizado pelo Consórcio SRE – IP Vila Velha, pelos próximos 20 anos.

Dia dos Pais: 47,8% das pessoas comprarão presentes on-line

De acordo com uma pesquisa, 57,6% das pessoas entrevistadas pretendem celebrar o Dia dos Pais; 21,5% ainda estão na dúvida sobre comemorar ou não.

Vida Capixaba

Mostra on-line de arte e cultura em Vitória

A distância dos palcos não impediu que os alunos dos espaços culturais da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) se apresentassem ao público em 2020. Durante...

Dia internacional da cerveja: mulheres ganham cada vez mais espaço

Apesar de ainda sofrerem preconceito, mulheres estão cada vez mais conquistando espaço no meio cervejeiro. A data é comemorada sempre na primeira sexta-feira de agosto,...

Curso gratuito de gestão

Empresa de tecnologia lançou o treinamento para formação de gestores com foco ERP devido a carência de bons gestores com capacidade para desenvolver o...

Espaço Baleia Jubarte reaberto

O Projeto Baleia Jubarte e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, junto com o Projeto TAMAR, prepararam um protocolo de segurança específico para o Espaço Baleia Jubarte e Centro de Visitantes
Continua após publicidade