Lanches de Temer em avião vão custar R$ 1,75 milhão

Brazil's Vice President Michel Temer smiles during a lecture in a private university in Brasilia, August 6, 2015. REUTERS/Ueslei Marcelino

O valor previsto para abastecer Temer e seus convidados por um  ano, inclui 1,5 tonelada de torta de chocolate, ao custo total de R$ 96 mil.

O Palácio do Planalto abriu uma licitação para comprar a comida que deverá abastecer o avião presidencial, que serve Michel Temer e seus convidados, durante um ano. O valor previsto para ser gasto, no total, é de R$ 1,75 milhão.

E a lista de itens deixa fortes indícios de que o presidente seja um apaixonado por doces. Do montante licitado, o maior gasto será com tortas de chocolate. O pedido aponta  1,5 tonelada de torta , ao custo total de R$ 96 mil. E há ainda a encomenda de 120 potes de Nutella, ao custo de  R$ 34 cada um.

Somente os 200 cafés da manhã, denominados de “Breakfast PR” – que incluem presunto de parma queijo brie, provolone e muçarela de búfala – sairão a R$ 96 cada. E outro item que chamou a atenção foi a exigência em relação aos sorvetes. O presidente exigiu 500 potinhos da marca norte-americana Häagen-Dazs, totalizando R$ 7.500. Foram pedidos ainda 300 picolés sem lactose, 50 Cornetos, 50 picolés Tablitos, 50 Chicabons, 50 Eskibons e 50 Frutillys.

Na licitação, apenas com sal rosa do Himalaia, serão gastos R$ 1.600. E os seis tipos de geleia encomendados pelo Palácio custarão R$ 27.500, na lista de produtos especificados que também contêm quatro tipos de açúcar e seis tipos de iogurte.  O preço que impressiona é o dos sanduíches de mortadela, que foram cotados pelo Planalto a R$ 16,45 cada.

 

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome