23.3 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Lançamentos de alto padrão se destacam em Vitória e Vila Velha

Na capital predominam novos empreendimentos de médio e alto padrão, com metro quadrado chegando a R$ 27 mil, bem como na orla de Vila Velha

Por Kikina Sessa

Imóveis grandes, bem localizados e seguros são os atributos básicos dos empreendimentos considerados de luxo. Na Grande Vitória, percebe-se uma expansão desse segmento no mercado imobiliário, com áreas cada vez mais valorizadas, principalmente na capital e na orla de Vila Velha.

- Continua após a publicidade -

Isso fica comprovado nos dados do 42º Censo Imobiliário do Sinduscon-ES. O levantamento aponta que mais da metade das unidades residenciais que estão sendo construídas na Grande Vitória, 64,87% (9.408), estão enquadradas no médio e alto padrão (MAP). Já o segmento econômico (ECO) concentra 35,13% (5.095) do total de unidades.

E o percentual de vendas também é alto: 68,9% do total de unidades em construção já foram vendidas pelas empresas. O município de Vitória é o que apresenta o melhor percentual de vendas: 75,7%. 

“O mercado de superluxo se mantém em alta. Sua clientela é mais exigente, tem muitas referências de bem viver e demanda por empreendimentos que ofereçam uma experiência completa”, comenta Renato Aboudib Sandri, diretor da RS Construtora e Incorporadora, que, em parceria com o Grupo Incospal, acaba de lançar o 495 Joaquim Lirio Carlos Madeira Residences, com metro quadrado a R$ 27 mil e 45% das 35 unidades já vendidas. 

Responsável pelas vendas, o diretor-geral da Lopes, Marcos Murad, disse que o mercado de imóveis de alto padrão segue pujante na Grande Vitória e que a produção não consegue atender a demanda, pois a oferta desse tipo de produto é pequena. “Este ano já registramos um crescimento 20% maior do que 2023”. 

Além dos 34 apartamentos com 223m², com quatro suítes, o 495 traz uma cobertura com 862m² privativos, com uma vista 360 de toda a região da Praia do Canto e da orla. 

Lançamentos de alto padrão se destacam em Vitória e Vila Velha
Perspectiva da vista da varanda do Vernissage, na Enseada do Suá, em Vitória – Foto: Divulgação

Reforçando a vitrine de alto padrão, a Galwan Construtora lançou o Vernissage Vitória, na Enseada do Suá. Com grande área de lazer e apartamentos de até cinco suítes, as torres têm vista eterna para o mar desde os primeiros andares. De frente para a Praça do Papa, a vista também inclui o Convento da Penha, o Morro do Moreno e a baía de Vitória, e preço partindo de R$ 1.749.998,86 (tabela junho). 

“O empreendimento será um ícone da construção em Vitória”, disse o diretor-presidente da Galwan, José Luís Galvêas, durante a assembleia de instauração do condomínio, realizada com clientes e investidores. 

Já em Vila Velha, está em construção o Taj Home Resort, da Grand Construtora. De frente para o mar, o empreendimento terá duas torres, uma de 25 e outra de 50 andares, sendo essa a torre mais alta do Espírito Santo, e vai ocupar 30 mil metros quadrados, sendo 21.500 somente de área de lazer. Preço partindo de R$ 2.706.022.

Douglas Vaz, presidente do Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon-ES), avalia que o segmento de médio e alto padrão na Grande Vitória ainda tem margem para crescer, mas não com tanta velocidade. O crescimento será mais lento, incluindo lançamentos de condomínios horizontais. 

“O público de alto padrão não depende de crédito imobiliário. Eles observam os imóveis como um mercado de oportunidade, de rentabilização de capital”, aponta Marcello Romero, CEO da Bossa Nova Sotheby’s em entrevista ao Estadão. “Trata-se mais de uma realização do que de uma necessidade”, acrescenta.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA