Iúna: Ponto de encontro com a natureza

Considerado como um dos mais belos recantos onde a paisagem, a gastronomia e os hábitos simples do meio rural se misturam, o município de Iúna se encontra aos pés da Serra do Caparaó.

Um local onde a natureza abusa de sua generosidade, repleta de cachoeiras e quedas d’água em meio a uma vegetação abundante. Outro ponto forte da região são as belíssimas formações rochosas que também adornam o visual, além de serem os destinos preferidos para a prática de trilhas.

Com uma economia que se baseia na agricultura cafeeira, a cidade caminha para a diversificação com a produção de queijos, rapadura, hortaliças, flores e frutas, que podem ser adquiridas pelos visitantes por meio de visitas às propriedades rurais ou na Feira Livre do Produtor Rural. E já que estamos falando de alimentos, não podemos deixar de citar a gastronomia da região que é um dos pontos fortes da localidade. Com forte influência mineira, é comum ver bolo de melado, torresmo, linguiça caseira, frango com quiabo, couve, taioba e angu nas refeições diárias. Uma delícia!

O principal ponto de visitação turística da cidade é o Santuário da Água Santa, que recebe visitas de várias regiões do Brasil, principalmente no dia 13 de dezembro, quando acontece a festa de Santa Luzia, uma homenagem a protetora dos olhos e da visão. Segundo fiéis, é possível conferir no local uma fonte que jorra água fresca e que tem efeitos milagrosos. Dentre os rituais de fé, incluem-se lavar os olhos três vezes para garantir proteção ou até mesmo levar um bocado da água para casa.

Outro importante passo para o desenvolvimento do segmento turístico e histórico-cultural de Iúna foi a demarcação dos pontos do percurso da Rota Imperial Pedro D’Alcântara, que passa pelo Centro da cidade e pelas estradas e propriedades rurais. Além desse incrível percurso, outros grandes pontos também se destacam no município tais como o Pico Colóssus, o Museu Histórico de Iúna, a Pedra do Pecado e a Igreja Matriz de Nossa Senhora Mãe dos Homens. Se você é fã de história, não deixe de conferir ainda a arquitetura do período colonial, por meio dos casarões de antigas fazendas de café.

Outra opção de lazer são as belíssimas cachoeiras e poços com destaque para a região de São João do Príncipe, Rio Claro e Santa Clara, onde estão o Poço do Egito, o Recanto do Cedro, a Cachoeira do Rogerio, do Bráz, a Hidrolândia, o Poço das Antas, entre tantos outros. Uma experiência maravilhosa.