20.8 C
Vitória
sexta-feira, 10 abril, 2020

IR: já dá para saber se você está na malha fina

Leia Também

Número de casos confirmados por coronavírus no ES sobe para 300

Destes, 41 pacientes já estão curados, 202 estão em isolamento residencial e 50 estão internados, sendo 33 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

‘Eu teria cortado a cabeça dele’, diz Onyx sobre Mandetta

Em conversa divulgada pela CNN Brasil, Onyx diz que não fala com Mandetta há dois meses e que, se estivesse na cadeira do presidente Jair Bolsonaro, teria "cortado a cabeça" dele.

Preços de combustíveis caem consideravelmente no Estado. Entenda!

Há mais de 30 dias, os postos de combustíveis operam com valores mais baixos. A redução chega a ser de R$ 0,60 em alguns locais do Espírito Santo.

Brasil tem 941 mortes e mais de 17 mil infectados pelo novo coronavírus

Dessa quarta-feira (08), para a quinta, foram 141 óbitos. No total, 941 pessoas foram vítimas da doença no país.

Programa permite saber, na hora da entrega, se algum ponto pode te trazer problemas

A mais de 20 dias para o fim do prazo de entrega das declarações de Imposto de Renda Pessoa Física, grande maioria dos contribuintes ainda não prestaram contas à Receita Federal. Já, outra parcela prestou conta, contudo, está preocupada, pois descobriu que cometeu erros na hora do envio.

“Neste ano, logo após entregar a declaração, o contribuinte já pode saber se a mesma foi ou não para malha fina e quais os motivos. Temos observando que fatores como informes de rendimentos e eSocial das domésticas estão sendo motivos muito comuns que ocasionam essa situação. É preciso muitos cuidados”, explica o diretor executivo da Confirp Contabilidade Richard Domingos.

Ocorre que mesmo com a importância desse documento, ainda se tem casos de descuidado e pressa para envio das informações e isso, somado com as complicações para preenchimentos, ocasionam erros que comprometem a declaração, podendo levar até mesmo à malha fina da Receita Federal e a pagar multas bastante altas.

Contudo, segundo Domingos, esses erros não devem ser motivos de desespero. “Detectados os problemas na declaração, o contribuinte pode fazer a retificação, antes mesmo de cair na malha fina, onde os erros serão corrigidos. O prazo para retificar a declaração é de cinco anos, mas é importante que o contribuinte realize o processo rapidamente, para não correr o risco de ficar na malha fina”.

Um dos cuidados que deve ser tomado é entregar a declaração retificadora no mesmo modelo (completo ou simplificado) utilizado para a declaração original. É fundamental que o contribuinte possua o número do recibo de entrega da declaração anterior, para a realização do processo.

Segundo Domingos, o procedimento para a realização de uma declaração retificadora é o mesmo que para uma declaração comum, a diferença é que no campo Identificação do Contribuinte, deve ser informado que a declaração é retificadora.

Quando aumenta ou diminui o imposto

Importante lembrar que o contribuinte que já estiver pagando imposto não poderá interromper o recolhimento, mesmo havendo redução do imposto a pagar. Nesse caso, deverá agir da seguinte forma:

– recalcular o novo valor de cada quota, mantendo-se o número de quotas em que o imposto foi parcelado na declaração retificadora, desde que respeitado o valor mínimo;
– os valores pagos a mais nas quotas já vencidas podem ser compensados nas quotas com vencimento futuro ou ser objeto de pedido de restituição;
– sobre o montante a ser compensado ou restituído incidirão juros equivalentes à taxa Selic, tendo como termo inicial o mês subsequente ao do pagamento a maior e como termo final o mês anterior ao da restituição ou da compensação, adicionado de 1% no mês da restituição ou compensação.

Já se a retificação resultar em aumento do imposto declarado, o contribuinte deverá calcular o novo valor de cada quota, mantendo-se o número de quotas em que o imposto foi parcelado na declaração retificadora. Sobre a diferença correspondente a cada quota vencida incidem acréscimos legais (multa e juros), calculados de acordo com a legislação vigente.

Riscos da malha fina

Mas quais os principais motivos que levam os contribuintes a caírem na malha fina? Veja o que aponta o diretor da Confirp, Richard Domingos:
– Informar despesas médicas diferente dos recibos, principalmente em função da DMED;
– Informar incorretamente os dados do informe de rendimento, principalmente valores e CNPJ;
– Deixar de informar rendimentos recebidos durante o ano (as vezes é comum esquecer de empresas em que houve a rescisão do contrato);
– Deixar de informar os rendimentos dos dependentes;
– Informar dependentes sem ter a relação de dependência (por exemplo, um filho que declara a mãe como dependente mas outro filho ou o marido também lançar);
– A empresa alterar o informe de rendimento e não comunicar o funcionário;
– Deixar de informar os rendimentos de aluguel recebidos durante o ano;
– Informar os rendimentos diferentes dos declarados pelos administradores / imobiliárias.

A empresa pode levar o funcionário à malha fina quando

– Deixa de informar na DIRF ou declara com CPF incorreto;
– Deixar de repassar o IRRF retido do funcionário durante o ano;
– Alterar o informe de rendimento na DIRF sem informar o funcionário.


LEIA MAIS

IR 2019: tudo o que você precisa saber

Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Preços de combustíveis caem consideravelmente no Estado. Entenda!

Há mais de 30 dias, os postos de combustíveis operam com valores mais baixos. A redução chega a ser de R$ 0,60 em alguns locais do Espírito Santo.

Comércio apresenta queda recorde em março

No Brasil, o setor registrou uma queda de 16,2% da atividade em relação a fevereiro deste ano. No ES, a queda foi mais de R$ 1,3 bilhão.

Regularização do CPF pode ser realizada on-line

A regularização do CPF foi adotada pela Receita Federal mediante muitas pessoas reclamarem que não conseguiam concluir o cadastro para obter o auxílio emergencial de R$ 600.

Inflação de serviços cai 0,14% no IPCA de março

A inflação de serviços recuou 0,14% em março, já sob influência do fechamento de estabelecimentos em função da política de isolamento social

Vida Capixaba

Dicas para trabalhar bem no isolamento social

Muitas pessoas não cuidam da postura, dos pulsos, e de demais partes do corpo. Veja as dicas de um fisioterapeuta para trabalhar bem durante o home office.

Tempo instável marca o fim de semana na Grande Vitória

Segundo o Incaper, o clima continuará frio e o tempo instável em todo o Espírito Santo. Conrira a previsão para hoje e amanhã!

Festival da Torta Capixaba 2020 em novo formato

O festival vai acontecer de forma online, entre os dias 9 e 12 de abril. Vão participar 31 expositores e nove restaurantes da Ilha das Caieiras.

Filme sobre o novo coronavírus já está pronto. Veja o trailer!

“Corona” é o nome do longa que será lançado em breve.O filme conta a história de sete pessoas presas em um elevador e uma delas está infectada.
Continua após publicidade