25 C
Vitória
sábado, 6 junho, 2020

ES deve receber cerca de R$ 57 bilhões em investimentos

Leia Também

Energia e disposição para superar o isolamento social

A boa notícia é que a alimentação pode ser uma boa aliada para quem busca mais energia para conseguir enfrentar e superar essa crise.

Crise tem maior impacto em negócios liderados por empreendedores mais velhos

Durante a pesquisa realizada pelo Sebrae e a FGV, foram ouvidos 10.384 empresários do setor, entre 30 de abril e 5 de maio, e mostrou que entre os entrevistados com 56 anos ou mais.

Prefeitura da Serra reduz burocracia para mais dez negócios

Na instrução normativa publicada na última segunda-feira (1°) foram incluídas mais 10 atividades na lista que já continha 150.

Petrobras eleva preço do gás de cozinha nas refinarias

O aumento também está relacionando ao consumo do gás de cozinha durante a pandemia, já que o isolamento social tem levado às famílias a cozinharem mais em casa.

É o que mostra documento produzido com base em anúncios feitos no mercado

O Espírito Santo tem a expectativa de receber um total de R$ 57,3 bilhões em investimentos no período 2018-2023. É o que aponta o caderno “Investimentos Anunciados e Concluídos para o Espírito Santo 2018-2023” produzido pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e lançado nesta segunda-feira (24). O documento engloba projetos com valor igual ou superior a R$ 1 milhão, sejam públicos ou privados.

Os dados mostram a continuidade dos avanços no Estado. Isso porque, na carteira anterior (período 2017-2022), esse valor era de R$ 53,9 bilhões. Desses, um total de R$ 2,1 bilhões foram efetivamente concluídos (2018) e outros investimentos foram somados à carteira ou tiveram seus valores atualizados, totalizando R$ 57,3 bilhões em 512 projetos.

Neste aspecto, destaca-se o fato de 66,2% do total de investimentos anunciados para o período 2018-2023 já estarem em Execução (R$ 37,9 bilhões). Os outros 33,8% (R$ 19,3 bilhões) são considerados “em Oportunidade” – foram anunciados, mas ainda não foram iniciados.

A indústria foi o setor que somou maior volume de investimentos entre o total de anunciados, com R$ 55,3 bilhões. Dentro desse segmento, destaca-se a superioridade do segmento de construção, com R$ 24,6 bilhões e indústrias extrativas, com R$ 21,1 bilhões anunciados.

Já entre os investimentos em execução, os que possuem maior valor são os das indústrias extrativa (especialmente petróleo e gás) e de transformação, além da construção.

O estudo é uma parceria do IJSN com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes), órgão do Governo responsável pela atração de projetos dinamizadores da economia e por ações que promovam a descentralização e harmonização do desenvolvimento.

O diretor-presidente do IJSN, Luiz Paulo Vellozo Lucas (Fotografia – Renato Cabrini)

O diretor-presidente do IJSN, Luiz Paulo Vellozo Lucas, destaca que o documento confirma as vocações do Espírito Santo, especialmente no que diz respeito ao complexo minero-siderúrgico e ao de petróleo e gás. “Muito embora a produção de petróleo tenha caído, os investimentos nesta área ainda são os mais significativos, tanto da Petrobras quanto da Shell. Outro destaque é para o setor de construção, com um grande empreendimento em execução em Vila Velha, e os investimentos vinculados à logística, como a duplicação da BR 101”, assinala.

O secretário de Desenvolvimento, Heber Resende, acredita que o documento hoje apresentado é um importante retrato da dinâmica da nossa economia. “O levantamento agrupa dados relevantes sobre os investimentos que estão por vir e os setores que serão responsáveis pelos projetos relevantes da carteira de negócios nos próximos anos. É uma bússola para entender a situação do Espírito Santo em curto prazo”, complementa.

Do ponto de vista da geografia econômica do Estado, o caderno aponta que 71,3% dos investimentos anunciados estão em microrregiões não-metropolitanas. A microrregião Litoral Sul é a que possui o maior volume de investimentos anunciados (40,7% do total do Estado). Os destaques da região são as atividades petrolíferas, infraestrutura portuária e rodoviária, energia, além de cultura, educação e agronegócio.

O secretário de Desenvolvimento, Heber Resende (Fotografia – Renato Cabrini)

Na segunda posição, aparece a microrregião Metropolitana com 28,7% do valor dos investimentos anunciados. A terceira posição é ocupada pela Microrregião Rio Doce com 16,3% do valor total de investimentos.

Entre os investimentos com valor igual ou superior a R$ 1 milhão, públicos e privados, o levantamento do IJSN apontou um total de R$ 2,1 bilhões em investimentos concluídos no ano de 2018 no Espírito Santo, em 108 projetos. Dentre os concluídos naquele ano, destaque também para a indústria, com R$ 1,8 bilhão, especialmente em construção (R$ 1,6 bilhão).


LEIA MAIS
Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_177
Continua após publicidade

Fique por dentro

Inflação para famílias de baixa renda cai 0,30% em maio, diz FGV

Com o resultado, o índice acumulou alta de 0,81% no ano de 2020. Em 12 meses, o indicador acumulou avanço de 2,59% Por Daniela Amorim (AE)...

Dia Mundial do Meio Ambiente estimula ações de preservação do planeta

Para comemorar a data, instituições privadas, ONG's, prefeituras, e outras, se unem para fazer ações de conscientização em tempo de pandemia.

Produtos com até 50% no Dia Livre de Impostos

E por conta da pandemia do novo coronavírus, os estabelecimentos inovaram. Neste ano, o Dia Livre de Impostos será on-line.

Projeção de alta do crédito bancário em 2020 passa de 4,8% para 7,6%, diz BC

Já a projeção de crescimento do crédito livre em 2020 passou de 8,2% para 10,6%. No caso dos recursos direcionados, a projeção foi de zero para alta de 3,5%.

Vida Capixaba

Prefeitura de Vila Velha e BNDES firmam parceria para modernizar parque de iluminação da cidade

Inicialmente, o sistema substituirá as 35 mil luminárias em toda a cidade, com lâmpadas com tecnologia de LED, além de telegestão, instalação de tecnologia de monitoramento remoto das luminárias.

Tendência nos anos 1960, cinema drive-in chegará a Vitória

O cinema drive-in chegará a Vitória na segunda quinzena de junho, no estacionamento da Faculdade Estacio de Sá, em Jardim Camburi.

Vitória organiza Circuito Cultural com exposição on-line

Os alunos do Núcleo de Fotografia do Circuito Cultural, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura de Vitória (Semc) fizeram trabalhos que estão sendo disponibilizados por meio de uma exposição on-line. 

Vila Velha instala câmeras de alta definição em ruas

Os equipamentos serão instalados em pontos estratégicos da cidade. A primeira instalação teste com uma das novas câmeras ocorreu na última sexta-feira (29), no Farol de Santa Luzia. 
Continua após publicidade