InterfaceFLOR lança carpetes compostos por fios reciclados

A InterfaceFLOR, maior fabricante de carpetes modulares do mundo e reconhecida por seu pioneirismo no cuidado ao meio ambiente, lança a sua primeira coleção de carpetes modulares composta 100% por fios reciclados, resultado da combinação de matérias-prima pré e pós-consumo que também incluem produtos da empresa recuperados de antigas instalações. A coleção Biosfera I, com o mais alto nível de sustentabilidade, está sendo fabricada com uma composição que considera a menor quantidade possível de fios, reduzindo significativamente seu impacto ambiental sem comprometer o desempenho do produto.

Desde o ano 2000, a InterfaceFLOR usa o sistema de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) de seus produtos para analisar seu impacto ambiental, buscando formas de reduzir e, finalmente, eliminar totalmente seu impacto. O processamento padrão dos fios, ricos em azeite virgem, é responsável por cerca de 50% do total do impacto ambiental de um carpete. A empresa tem trabalhado fortemente para usar quantidades cada vez maiores de fios reciclados em todas as suas gamas de produtos e diminuir o uso geral de matéria-prima virgem. Atualmente, 40% do total da matéria-prima utilizada pela InterfaceFLOR no mundo são recicladas ou de base biológica, contra apenas 0,5% em 1996.

Auditorias feitas por organismos independentes, comprovam que os fios reciclados na composição da coleção Biosfera I contam com 30% de matéria-prima reciclada pós-consumo, obtidas a partir de uma variedade de fontes, como redes de pesca recuperadas que já atingiram o fim de sua vida útil, sendo utilizadas como material para a base dos produtos da InterfaceFLOR.

A empresa recupera grande quantidade de carpetes através de seu sistema ReEntry 2.0, um processo pioneiro que faz da InterfaceFLOR a única empresa fabricante de carpetes a conseguir essa qualidade de material reciclado. A matéria-prima restante utilizada na confecção dos fios usados na composição da coleção Biosfera 1 é resultado de materiais pré-consumo reciclados a partir de fontes internas e externas.

Com qualidade ambiental sem precedentes, a coleção Biosfera I oferece três produtos, o BoucléTM, o VelourTM e o MicroTM. Com base em projetos populares de tufagem, todos são projetados para incluir menor quantidade possível de fios em sua composição, mantendo seu alto desempenho. Com o produto MicroTM, a InterfaceFLOR alcançou a menor concentração de fios para uma placa de carpete já produzida, usando a tecnologia pioneira desenvolvida pela empresa Microtufting que oferece durabilidade, acústica e maior sensação de maciez para um carpete com característica sustentável deste nível.

Além disso, o Cool Carpet padrão nos produtos InterfaceFLOR, garante que as emissões de carbono sejam compensadas durante todo o seu ciclo de vida, através da parceria com fornecedores certificados. As instalações também são sustentáveis com o uso dos TacTiles, inovador sistema de instalação sem cola que ajuda a manter a boa qualidade do ar interior e não estraga o piso.

“Há alguns anos, nos garantiram que era impossível reciclar fios de nylon, um material rico em óleo, parte integrante de nossas placas de carpete e que era definitivamente mais um obstáculo em nossa missão para sustentabilidade. No entanto, ignoramos este mito e incentivamos nossos fornecedores a criar modos inovadores de fabricação de fios, o que nos ajudou a desenvolver materiais, processos e produtos que gerassem um menor impacto ambiental. O resultado disso é a Biosfera I, que tem qualidade superior, verificada durante todo o seu ciclo de vida. Sem dúvida, esta nova coleção mostra o efetivo avanço da InterfaceFLOR”, afirmou Nigel Stansfield, Vice-Presidente Sênior de Produtos e Inovação da InterfaceFLOR.

Segundo Giulio Bonazzi CEO da Aquafil, fornecedor dos fios que compõem os carpetes InterfaceFLOR, durante a década de 1990 a maior missão da empresa era seguir para um impacto zero sobre o meio ambiente, além de questionar as credenciais ecológicas de seus fornecedores.

“Esta atitude nos deu a coragem suficiente para acelerar o nosso próprio caminho rumo à sustentabilidade: nossa filosofia empresarial de compromisso ambiental próativa. Trabalhamos juntos com a InterfaceFLOR no avanço da pesquisa e desenvolvimento, com o objetivo fundamental de produzir uma alternativa viável para os fios virgens, que mantivessem um desempenho e ainda minimizassem o desperdício, CO2 e consumo de água. Estamos orgulhosos de ter conseguido isso com a nossa Econyl, nossa inovadora fibra reciclada que permitiu que a InterfaceFLOR ficasse um passo de fechar o ciclo de fabricação de seus produtos”, ressaltou.

 

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome