ES apresentou crescimento moderado no Turismo em 2018, aponta índice

Cachoeira Sitio dos Sonhos, no município de Ibatiba, sul do Estado (Fotografia - Tadeu Bianconi)

O mesmo estudo evidencia que turismo também está recuperando a capacidade de contratações formais

Os números do setor turístico do Espírito Santo em 2018 foram promissores, com crescimento na ordem de 7% no Índice de Atividade Turísticas (Iatur) em relação ao passado.

Outra boa notícia tem sido a recuperação, mesmo que gradual, dos empregos das atividades prestadoras de serviços turístico. Os últimos 12 meses originou aproximadamente mil postos de trabalhos formais. Os dados são da Pesquisa da Empregabilidade no Turismo, realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), com análise da Federação do Estado (Fecomércio-ES).

Diferente do setor de serviços em geral que teve um decréscimo no acumulado do ano, o Turismo iniciou de uma retomada das perdas do passado e apresentou crescimento, fruto de um ambiente um pouco mais favorável. Assim o brasileiro está mais propenso e seguro para gastos com viagens.

O presidente da Fecomércio-ES, José Lino Sepulcri, considera o ano de 2018 foi desafiador. Para ele, os números positivos do mercado de trabalho encorajaram as pessoas a consumirem e, consequentemente, os empresários também se mostram mais otimistas para investir. “Os números positivos do Turismo garantem sua característica de propulsor de desenvolvimento diante de um ano de incertezas. Para o próximo ano, no estado capixaba, a tendência é de crescimento tendo em vista esse cenário mais otimista”, conta.

No entanto, algumas questões sobre infraestrutura como a duplicação de estradas federais, a internacionalização do aeroporto e a promoção e a divulgação do Estado precisam ser debatidas e trabalhadas.


LEIA MAIS

Turismo deve ter crescimento modesto em 2019

Conteúdo Publicitário