21 C
Vitória
terça-feira, 24 novembro, 2020

Hilux chega à linha 2021

Leia Também

Crise para quem não pesquisa

Pesquisar seus mercados, traçar cenários realistas e tomar decisões embasadas em dados é a melhor solução

Mensagem de WhatsApp tem valor como documento?

Tais técnicas representam a maior arma do Estado com o fito de combater o crime, em especial, o organizado

Palmares nega Zumbi!

No mês da Consciência Negra, atribuído às comemorações do dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 20 de novembro 1695

Os preços da nova Hilux subiram, em média, R$ 5 mil em relação aos da linha 2020. O maior aumento (R$ 12.500) foi para a versão de topo, SRX

Por José Antonio Leme (AE)

A linha 2021 da picape da Toyota feita na Argentina recebeu atualizações e começa a ser vendida no Brasil no dia 26 de novembro. Há novidades no visual, motor, suspensões e lista de equipamentos. Serão nove versões, sendo três com motores flexíveis e seis turbodiesel. A tabela começa em R$ 145.390 e chega a R$ 241.990.

As flexíveis são: SR 4×2, SRV 4×2 e SRV 4×4, todas com cabine dupla e câmbio automático de seis marchas. Os preços partem de R$ 145.390, R$ 157.490 e R$ 169.790, respectivamente. O motor de quatro cilindros e 2,7 litros não traz novidades. Manteve os 163 cv de potência a 5 mil rpm e 24,9 mkgf de torque a 4 mil rpm – com etanol.

Com o 2.8 turbodiesel, que ficou 27 cv mais potente e agora gera 204 cv, há versões chassi, de cabines simples e dupla. Para as duas primeiras, há transmissão manual de seis velocidades – o torque do motor foi mantido em 42,8 mkgf a 3.400 rpm. A tabela parte de R$ 164.890 e R$ 170.890, respectivamente.

A caixa automática está nas configurações Power Pack, a partir de R$ 188.990, SR, com tabela de R$ 201.790, SRV, por R$ 216 990, e SRX, a R$ 241.990. Para essas, o torque é de 50,9 mkgf a 2.800 rpm. Os números mais altos são resultado da adoção de uma nova turbina com pás 25% maiores, segundo informações da Toyota

Os preços da nova Hilux subiram, em média, R$ 5 mil em relação aos da linha 2020. O maior aumento (R$ 12.500) foi para a versão de topo, SRX, que antes partia de R$ 229.490.

As configurações SR 4×2 com motor flexível e câmbio manual, GR Sport, com o V6 a gasolina, e GR Sport II turbodiesel por ora não têm versão 2021.

Suspensão. Todas as Hilux receberam suspensão atualizada. As buchas da junção das molas com o chassi e os suportes de cabine são novos. Segundo informações da Toyota, isso reduziu o balanço lateral da carroceria e as vibrações. A SRX ganhou amortecedores com diâmetro 6,7% maior. O objetivo das mudanças é ampliar o conforto.

Agora, os bancos dianteiros têm ventilação e o sistema de som, da JBL, inclui duas caixas sobre o painel. As versões SRX e SRV ganharam sensores de obstáculos na frente e atrás. A central multimídia tem tela de 8 polegadas e integração a Android Auto e Apple CarPlay. Há ainda câmera na traseira, entrada USB, conexão via Bluetooth, GPS integrado e TV digital.

O painel de instrumentos traz novo grafismo. E funções como indicador digital de velocidade e de posição das rodas.

No quesito segurança, o destaque é o pacote Safety Sense. Exclusivo para a versão SRX, inclui controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência e alertas de risco colisão frontal e de saída involuntária de faixa. O sistema corrige sozinho a direção e aciona os freios do lado que deve retornar para a faixa.

São três air bags na opção de entrada, com cabine simples, e sete nas com cabine dupla. Para todas há bloqueio elétrico do diferencial traseiro, assistente de partida em rampa, controles de tração e estabilidade e luz de frenagem de emergência.

As cabines-duplas têm ainda sistema Isofix de fixação de assentos infantis e assistente de reboque. SR, SRV e SRX a diesel vêm com assistente de descida e o deslizamento do diferencial é limitado eletronicamente.

No visual, as atualizações, exclusivas para as cabines-duplas, estão nos faróis, grade e para-choques. Só a versão SRX traz faróis bi-LEDs e novas lanternas, também de LEDs. Nas SR, SRV e SRX todas as maçanetas são cromadas.

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 182
Continua após publicidade

Mais Motores

Peugeot 208 ganha versão elétrica

O modelo marca a entrada da fabricante para o segmento dos elétricos mais acessíveis A Peugeot também resolveu inovar, apresentando a nova versão do 208. Agora,...

Fox aposenta motor 1.0 de quatro cilindros

Linha 2016 foi substituída pelo motor 1.0  três cilindros flex A Volkswagen lançou no dia 2 de junho a linha 2016 do Fox,...

Festival de Food Truck nos estacionamentos da Kurumá

A partir desta quinta, 22, até o próximo sábado, 24, os estacionamentos das concessionárias Kurumá no Espírito Santo se transformarão em palco do Festival...

Blogs e colunas

Jaguar F-Type renova estilo e segue bravo

No interior, a princípio, o mesmo luxo de outrora. Nada de design extremamente arrojado, forte apelo futurista ou exageros

Hyundai Venue e novo Elantra estão no Brasil

O novo Elantra tem possibilidade de desembarcar por aqui, importado da Coreia do Sul. O sedã deixou de ser vendido no País em 2018

iX é o primeiro SUV 100% elétrico da BMW

A BMW não revelou as dimensões do veículo, mas adiantou que em comprimento e largura ele se equivale ao X5, e tem quase a altura do X6