25.5 C
Vitória
sexta-feira, 27 novembro, 2020

Hábitos que prejudicam o veículo. Saiba quais!

Leia Também

Crise para quem não pesquisa

Pesquisar seus mercados, traçar cenários realistas e tomar decisões embasadas em dados é a melhor solução

Mensagem de WhatsApp tem valor como documento?

Tais técnicas representam a maior arma do Estado com o fito de combater o crime, em especial, o organizado

Economicídio

A prova desta triste realidade são seus baixos níveis de crescimento, de competitividade, e de inserção externa

Algumas ações são importantes para garantir a durabilidade do seu veículo. Veja abaixo as dicas de um especialista!

Sabe aquela mania de dirigir com o pé na embreagem ou descansar a mão no câmbio? Pois é, esse hábito pode prejudicar seu veículo.

“Recomendações simples e até antigas ainda são válidas para evitar o desgaste do carro. Ficar atento à forma como se dirige pode evitar prejuízo”, destaca o gerente geral de pós-vendas da Kurumá, Marcelo Marques.

Algumas dicas ajudam a garantir a vida útil de peças do carro. Por isso, listamos as mais importantes abaixo:

– Câmbio: descansar a mão no câmbio de marchas danifica a articulação da alavanca prejudicando o engate preciso das marchas.

Descansar a mão no câmbio prejudica a vida útil do carro. – Foto: Divulgação

– Embreagem: descansar o pé na embreagem, por mais leve que seja, aciona o sistema, provocando atrito e desgaste desnecessário e prematuro do conjunto.

– Quebra-mola: passar por quebra-molas de forma inadequada pode prejudicar a suspensão, molas e amortecedores. Passe devagar com duas rodas de cada vez (não passe na diagonal). Não use o freio quando estiver passando pelo quebra-molas para evitar trancos na suspensão dianteira.

– Dirigir com o tanque na reserva: dirigir com pouco combustível pode provocar o superaquecimento da bomba de combustível diminuindo a vida útil do equipamento e com o nível baixo a bomba pode sugar a sujeira depositada no fundo do tanque, o que provoca entupimentos e mal funcionamento de todo o sistema de injeção eletrônica, aumentando o consumo de combustível.

– Pneus: andar com pneus descalibrados faz o carro consumir mais combustível e , aliado ao peso excessivo, é um dos principais fatores que reduz a durabilidade dos pneus.

– Frear bruscamente: freadas bruscas aceleram o desgaste de pastilhas e discos, além dos pneus.

– Descer ladeiras com o carro desengrenado: este ato superaquece os freios e desgasta as pastilhas.

– Rodas no meio fio: encostar as rodas do carro no meio fio da calçada pode danificar o rolamento.

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 182
Continua após publicidade

Mais Motores

Ainda dá tempo de aproveitar o feirão de novos

Começou nesta quinta-feira (17) e vai até sábado (19), o Feirão Leva Tudo Kurumá. As concessionárias exclusivas Toyota e Lexus prepararam ofertas especiais para os...

Tecnologias para evitar colisões

A intenção é de que os carros da marca recebam essa tecnologia que limita a velocidade do veículo e será um item de série a...

Camaro: a volta de um clássico

Ícone de gerações, o Chevrolet Camaro está de volta. Passados 44 anos de sua primeira versão, o modelo ainda encanta os fãs daquela época...

Blogs e colunas

Trailblazer 2021 ganha tecnologia e perde versões

O Trailblazer agora vem com detecção de pedestres e frenagem autônoma de emergência. O sistema freia o veículo sozinho

Pandemia e seu impactos econômicos

Presidente do Corecon-ES, destacou que as medidas econômicas, condicionadas por um ambiente político controverso

Jaguar F-Type renova estilo e segue bravo

No interior, a princípio, o mesmo luxo de outrora. Nada de design extremamente arrojado, forte apelo futurista ou exageros