24.8 C
Vitória
domingo, 25 outubro, 2020

Guedes retira Rogério Marinho de Conselho Fiscal do Sesc

Leia Também

Saúde planeja incentivo para ações em prol de alimentação saudável

O excesso de peso, que se dá a partir do IMC 25 kg/m2, também se tornou mais frequente na sociedade brasileira

Alerta de chuva forte em todo o Estado

O espirito santo deve receber ate o final de semana chuvas forte e com muito volume.

Ensino a distância ganha espaço no ensino superior

O Censo da Educação Superior de 2019, divulgado hoje (23) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), aponta que quatro a cada dez calouros no ensino superior optaram por se matricular em cursos de graduação a distância.

Guedes defende freio nos gastos enquanto Marinho quer mais dinheiro para obras Brasil afora

Por Luci Ribeiro (AE)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu dispensar o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, da função de membro titular, como representante da pasta, no Conselho Fiscal do Serviço Social do Comércio (Sesc). Para atuar no posto, os ocupantes dessas vagas têm direito a uma remuneração adicional, de aproximados R$ 21 mil, além do próprio salário.

A decisão consta de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 15. No mesmo ato, Guedes designou o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, para ocupar o lugar de Marinho no colegiado do Sesc.

Antes de ser ministro, Marinho era um dos principais secretários de Guedes e teve papel de destaque na articulação com o Congresso em prol da aprovação da Reforma da Previdência ano passado. Hoje, Marinho é um dos ministros mais próximos do presidente Jair Bolsonaro.

Nos últimos meses, no entanto, Guedes e Marinho têm tido desentendimentos públicos, sobretudo em torno da política de investimentos do governo federal. Guedes defende freio nos gastos enquanto Marinho quer mais dinheiro para obras Brasil afora. O ministro da Economia já chamou o ex-auxiliar de “ministro fura teto”, numa referência ao Teto de Gastos, regra que limita o crescimento das despesas do Orçamento da União à inflação.

No início do mês, as divergências entre Marinho e o chefe da Economia também alcançaram o Renda Cidadã, o programa social que o presidente Bolsonaro quer criar depois do fim do auxílio emergencial concedido durante a pandemia da covid-19 e que deve substituir o Bolsa Família.

Como antecipou o Broadcast/Estadão, a declaração de Marinho para economistas do mercado financeiro de que o programa Renda Cidadã sairá de “qualquer jeito” foi mal recebida por Guedes. Marinho disse em um call fechado da Ativa Investimentos no último dia 2 que é preciso encontrar uma forma de viabilizar o programa, ainda que isso signifique flexibilizar o Teto de Gastos.

“A gente está tentando fazer da melhor forma possível. Estamos tentando manter o teto, mas há pressão para flexibilização”, teria dito o ministro. Marinho relatou no encontro a insatisfação do relator da proposta, senador Márcio Bittar (MDB-AC), com a crítica de Guedes ao uso de parte do dinheiro do precatórios para o Renda Cidadã. Marinho disse que a ideia foi de Guedes.

Depois da fala, o titular da Economia voltou a chamar Marinho de traidor e deu um alerta à ala política do governo. “Se a doença vier (numa segunda onda), vamos furar teto. Mas não vamos furar o teto para fazer política”, avisou. “Não acredito que Marinho falou mal de mim. Se falou mal, isso mostra que ele, em primeiro lugar, é despreparado, além de desleal e fura teto”, disse Guedes no dia 2.

De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo publicada ontem, Marinho é um dos ministros que mais acumulavam gratificações. Sem a remuneração extra de R$ 21 mil por atuar no conselho do Sesc, o ministro ficará com o salário de R$ 30,9 mil.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Pesquisa! Desigualdade nas refeições básicas

O Sudão do Sul está mais uma vez no topo da lista, com ingredientes básicos custando 186% da renda diária de uma pessoa

Transportadores Florestais recebem capacitação

Programa Semear é uma parceria da empresa com o Sebrae para o fortalecimento da gestão financeira dos fornecedores.

Saúde planeja incentivo para ações em prol de alimentação saudável

O excesso de peso, que se dá a partir do IMC 25 kg/m2, também se tornou mais frequente na sociedade brasileira

Espírito Santo ganha novo espaço cultural

Os capixabas vão poder contar com mais um espaço para o crescimento e fomento da cultura no Estado

Pet – Um mercado sem crise

Segmento cresce na mesma proporção que o amor dos tutores por seus "filhos" A gente ama, cuida e não vive sem. Sendo eles pequenos, peludinhos...

Investimento Direto no País soma US$ 1,597 bi em setembro, diz BC

No acumulado dos 12 meses até setembro deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 50,026 bilhões

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 181
Continua após publicidade

Fique por dentro

Governo revisará projeção de queda do PIB para 2020 em novembro, diz secretário

"Todos os indicadores de atividade mostram um forte recuperação em V da economia", afirmou Waldery

Boletim aponta queda no turismo do Espirito Santo

O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, destacou a importância deste acompanhamento sistematizado, que permite o planejamento de ações cada vez mais eficientes

Guedes volta a enfatizar necessidade de acelerar privatizações

"No primeiro ano em meio de governo fizemos nosso dever de casa e agora vamos fazer um road show de investimentos", completou o ministro

Guedes: estamos próximos de assinar acordo com EUA para evitar dupla taxação

Segundo o ministro, as novas reformas e novas fronteiras de investimento em diferentes setores possibilitarão o crescimento

Vida Capixaba

Banestes promove ações de conscientização

As ações são para conscientização e em apoio à Semana da Segurança Digital

Cinemas voltam a funcionar

As redes kinoplex e Cinemark voltaram a abrir as portas depois de meses fechados.

Ação do Outubro Rosa chega em acampamento cigano

O acampamento Cigano em Praia Grande, no município de Fundão, recebeu a visita da secretaria de direito Humanos e da saúde, juntamente com a Associação Feminina de Combate ao Cancer(Afecc). A visita faz parte da Ação Integrada do Outubro Rosa.

TRE-ES promove o I Fórum Internacional de Inteligência Artificial e Eleições

O evento contará com palestrantes internacionais e com a mediação do Presidente do TRE-ES, Desembargador Samuel Meira Brasil Júnior.
Continua após publicidade