23.6 C
Vitória
terça-feira, 29 setembro, 2020

Grade frontal é a atração do novo Série 4

Leia Também

Desmatamentos & queimadas ilegais: não faltam leis, mas consciência e atitudes!

Isto tudo ocorria sob o olhar omisso do poder estatal, óbvio, diante dos interesses que circundavam as florestas naturais e, ainda, se mantém até os dias atuais

Cuidado com a imagem da sua empresa!

Uma organização, pequena ou grande, está baseada primordialmente naquilo que é o seu objetivo

Economia brasileira: vítima dos personalismos de governo

É lamentável ter que testemunhar episódios como o da criação do TRF-6 Por Arilda Teixeira Aqueles que acreditam que a combinação de república democrática com economia...

Embora chame atenção e possa até causar alguma impressão negativa em um primeiro momento, o fato é que a nova identidade do Série 4 reforça a personalidade do cupê

A BMW revelou a nova geração do cupê Série 4. O destaque, como tem ocorrido em todos os modelos da marca alemã, é a enorme grade frontal. As entradas de ar, conhecidas como “duplo rim”, descem até a base do para-choque, dominando a frente do carro. O visual é radicalmente diferente dos modelos anteriores e está alinhado com a identidade visual dos novos veículos da marca, como o SUV X7.

Embora chame atenção e possa até causar alguma impressão negativa em um primeiro momento, o fato é que a nova identidade do Série 4 reforça a personalidade do cupê. O perfil é elegante e também há mudanças no caimento da janela lateral traseira.

A queda da linha de teto ficou mais evidente. A traseira lembra a do cupê Série 8, com lanternas mais afiladas.

A partir desta geração, o Série 4 se distancia da mera figura de “cupê do Série 3”, e assume identidade própria. A propósito, todas as peças da carroceria são exclusivas do modelo, e não compartilhadas com o Série 3.

A gama de motores também tem novidades. A versão M440i é a primeira da Série 4 com preparação da M Performance. O modelo será o topo da linha até a chegada do M4, e traz o clássico 3.0 de seis cilindros em linha biturbo combinado com sistema híbrido leve de 48 Volts. O conjunto entrega 374 cv, suficientes para acelerar o cupê de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos. A velocidade máxima é limitada em 250 km/h. Os números são da BMW. Há opção de tração integral xDrive.

VERSÕES

Haverá também versões mais “comuns”, como a 420i e a 430i com motores a gasolina, além de duas opções com motor diesel oferecidas na Europa. As potências variam de 184 cv (2.0 turbo a gasolina) a 340 cv (turbodiesel).

A carroceria do Série 4 é ligeiramente maior que a do Série 3. O cupê é 5,6 centímetros mais comprido e mais baixo, bem como 2,5 cm mais largo do que o sedã. São 4,77 m de comprimento, 1,85 m de largura e 1,38 m de altura.

A cabine é a única parte já conhecida do modelo, sendo igual à do Série 3. Há central multimídia com tela sensível ao toque, painel virtual e várias soluções eletrônicas, incluindo sistemas de condução semiautônoma.

O novo carro será lançado em outubro na Europa, juntamente com a opção de carroceria conversível e a versão de quatro portas, batizada de Gran Coupé. O esportivo M4 é aguardado para o fim do ano. Para o Brasil, a previsão é de que a nova linha comece a desembarcar no ano que vem.

Com informações da Agência Estado

Matéria AnteriorBlow-up
Próxima MatériaPrazeres de uma vida virtual

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Mais Motores

Pneus ecológicos para seu carro

As discussões sobre ecologia e sustentabilidade estão ganhando mais espaço no cotidiano de todos e no setor automobilístico não é diferente. A nova geração...

Fiat Cronos é a nova aposta para entrar no hall dos sedãs

O veículo, que é derivado de outro da marca, chega às concessionárias ainda neste mês Após o lançamento do Fiat Virtus, a Fiat decidiu apostar...

Novo scooter Honda Elite 125

Nas concessionárias desde dezembro do ano passado, o preço médio chega a R$ 8.250 A Honda lançou, no último mês, a Elite 125 que substituirá a Lead...

Blogs e colunas

Yamaha lança scooter Star Wars

Disponível apenas na cor branca, o modelo Aliança Rebelde traz marcas que simulam desgaste por uso na carenagem

E-Tron Sportback chama atenção em silêncio

O painel se destaca pelo desenho e funcionalidade. O acabamento interno tem revestimento de couro, alcântara e alumínio

L200 Triton mantém base e muda visual

Entre os recursos de segurança, um dos destaques é o corte da aceleração caso os pedais de freio e acelerador sejam acionados simultaneamente