21 C
Vitória
terça-feira, 14 julho, 2020

Ginecologista explica sobre a importância dos métodos anticoncepcionais durante a pandemia de Covid-19

Leia Também

ES confirma mais de 63 mil infectados pela Covid-19

Chegou a 63.881 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Espírito Santo, de acordo com o “Painel Covid”, da Sesa.

INSS começa teste de prova de vida digital com 550 mil beneficiários

Num primeiro momento, o mecanismo será feito por meio de reconhecimento facial, com o uso da câmera do celular, para quem já tem carteira de motorista ou título de eleitor digital.

Saque emergencial FGTS liberado para os nascidos em março. Como sacar?

O valor do saque é de até R$ 1.045, considerando a soma de todas as contas do FGTS do trabalhador. Nesta etapa, poderão ser pagos até R$ 3,3 bilhões. 

Ginecologista explica sobre a importância dos métodos anticoncepcionais durante a pandemia de COVID-19

Por Dino (AE) 

A Organização Mundial da Saúde publicou no início do mês de abril uma série de perguntas e respostas sobre métodos contraceptivos durante o enfrentamento do Coronavírus. Segundo Dra. Patrícia Peres, médica ginecologista e obstetra, o confinamento em casa tem feito muitas pacientes procurarem alternativas para evitar a gravidez.

A OMS destaca que a atividade sexual não cessa com a pandemia de COVID-19; portanto, é crucial garantir que as pessoas possam ter acesso aos serviços e informações para iniciar e/ou continuar o uso de métodos anticoncepcionais.

Evitar a gravidez é uma medida importante em tempos de crise 

Dr. Patrícia Peres, médica ginecologista e obstetra acredita que quando se evita gestações não planejadas, é possível melhorar a qualidade de vida e permitir e o planejamento de cada família. “Há um reflexo direto na condição social e econômica; por isso, em tempos de crise e recessão, evitar a gravidez é uma medida importante”, diz.

Além disso, ao evitar as consequências negativas à saúde associadas às gestações não planejadas, aos abortos inseguros e às infecções sexualmente transmissíveis (incluindo o HIV), a anticoncepção pode ajudar a diminuir a demanda adicional desnecessária nos sistemas de saúde já sobrecarregados por conta da pandemia de COVID-19

“Tenho atendido pacientes que estão buscando métodos contraceptivos que possam ser uma alternativa mais prática”, afirma. De acordo com a médica, muitas mulheres não querem engravidar nesse momento delicado e ao mesmo tempo, querem evitar sair de casa e ir à farmácia para comprar pílulas anticoncepcionais, por exemplo.

DIU e Implanon podem ser colocados facilmente 

Dessa forma, métodos contraceptivos de longa duração podem ser grandes aliados. A especialista explica que a colocação do DIU (Dispositivo Intrauterino) ou Implante Transdérmico (Implanon) é bastante simples e pode ser feita em consultório médico e apenas com anestesia local. “Os atendimentos são individuais, seguindo todos os cuidados para a prevenção do COVID-19 durante o período da consulta”, esclarece.

Eficácia dos métodos contraceptivos

Segundo a ginecologista, atualmente, os métodos que se apresentam mais eficazes são primeiramente o Implanon, em seguida o DIU Mirena (hormonal) e o DIU de cobre. Depois, aparecem os métodos injetáveis, os adesivos e a pílula anticoncepcional.

Dr. Patrícia Peres também lembra que se a mulher teve um parto nos últimos seis meses ou apresenta alguma condição de saúde, como diabetes, pressão alta, câncer de mama, ou se é fumante, é recomendável verificar com um profissional de saúde sobre o método anticoncepcional mais seguro e adequado para ela.

Melhor método anticoncepcional para usar durante a pandemia de COVID-19

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, todos os métodos anticoncepcionais modernos ajudam a prevenir uma gestação. As mulheres e seus parceiros podem escolher qualquer método anticoncepcional moderno que seja seguro e aceito por eles.

“Por isso, é importante realizar uma consulta médica para que o profissional possa ajudá-los e orientá-los sobre as opções”, destaca Dr. Patrícia.

Os preservativos, quando usados corretamente, são o único método anticoncepcional que ajuda a prevenir a gestação não planejada e a proteger contra infecções sexualmente transmissíveis, incluindo o HIV. “Não existem métodos 100% eficazes, por isso, eles podem ser usados em conjunto com outros métodos anticoncepcionais”, reforça.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Chefe ou líder? O que você é?

Entende-se que uma das características mais importantes de um líder é desenvolver uma equipe que seja capaz de funcionar sem ele

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

Vida Capixaba

Desafios do mercado audiovisual será tema de live

No bate-papo virtual também vão estar em pauta os desafios do mercado audiovisual e a experiência de Abel Santana no mundo das artes.

Mães à beira de um ataque de nervos

Não há descanso para as mamães, em casa, durante a pandemia Por Letícia Vieira Patrícia achou estranho o silêncio repentino, fazia meses que aquilo não acontecia:...

Escolas de Vila Velha são notificadas por não dar descontos nas mensalidades

As instituições privadas de ensino que não estão aplicando o desconto previsto na Lei Estadual nº 11.144/2020, válida a partir do dia 19 de junho.

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...
Continua após publicidade