28.2 C
Vitória
segunda-feira, 13 julho, 2020

Furacão Matthew deixa mais de 800 mortos no Haiti

Leia Também

Saque emergencial FGTS liberado para os nascidos em março. Como sacar?

O valor do saque é de até R$ 1.045, considerando a soma de todas as contas do FGTS do trabalhador. Nesta etapa, poderão ser pagos até R$ 3,3 bilhões. 

Dia Mundial do Rock: paixão pela música e envolvimento com o ritmo

Acordes amplificados pelo som de uma guitarra, embalados pelo som de uma bateria causam um certo 'arrepio' aos amantes de um dos ritmos mais conhecidos no mundo: o Rock.

Resultado do Sisu sairá amanhã, diz MEC

Mais de 800 mil candidatos disputam 51.924 mil vagas. Saiba mais! Em todo país, mais de 814 mil estudantes estão na expectativa pelo resultado da...

Com resultado apertado, presidente populista é reeleito na Polônia

Do lado adversário, o prefeito Rafal Trzaskowski, da Plataforma Cívica, que governou o país de 2007 a 2015, tentou oferecer uma alternativa progressista nas...

A Cruz Vermelha estima que mais de 1 milhão de pessoas foram afetadas no país e faz apelo para obter ajuda imediata para haitianos.

A passagem do furacão Matthew deixou mais de 800 mortos no Haiti, segundo as autoridades locais. Há milhares de casas destruídas e muitos bairros seguem inundados na península do sudoeste do país. Além das casas, o vento de 230 km/h derrubou árvores, barrancos e pontes. Militares brasileiros estão ajudando os moradores desde terça-feira (4) e nesta quinta-feira (6), a Cruz Vermelha lançou um apelo de emergência a fim de obter ajuda imediata para 50 mil haitianos após a passagem do mais forte furacão a atingir o Caribe desde 2007.

Segundo a agência humanitária são necessários US$ 6,92 milhões para ajudar a providenciar ajuda médica, abrigos, água e saneamento durante o próximo ano para pessoas afetadas pelo furacão no país. “Estamos extremamente preocupados com a segurança, saúde e bem-estar das mulheres, homens e crianças que foram impactados, principalmente em cidades remotas e vilarejos”, afirmou por nota Ines Brill, chefe da divisão da América Latina da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC). 

Além do Haiti, o furacão também provocou estragos em Cuba e na República Dominicana. O Centro Nacional de Furacões dos EUA prevê que Matthew suba pela costa da Flórida até a Georgia e a Carolina do Sul entre esta sexta-feira (7) e sábado (8). Em seguida, deve fazer uma curva e voltar em direção às Bahamas, podendo passar novamente pela Flórida na próxima quinta-feira. Contudo, pelas previsões, esse retorno seria como uma tempestade tropical, com ventos bem mais fracos.


Estados Unidos
 – Mais de dois milhões de pessoas foram alertadas a deixarem suas casas na costa leste dos Estados Unidos. Autoridades dos Estados da Flórida, Carolina do Sul e Georgia pediram que seus residentes não permaneçam em casa se estiverem no provável caminho do furacão. De acordo com a rede CNN, o número de evacuações obrigatórias no país é o maior desde o furacão Sandy, que atingiu a costa leste da Carolina do Norte até Nova York, em 2012, deixando grandes estragos.

Segundo o Centro Nacional de Furacões americano, não necessariamente Matthew vai tocar o chão nos Estados Unidos, mas o olho da tempestade deve chegar muito perto da costa, possivelmente como um furacão de categoria quatro, das cinco possíveis. 

A aproximação do furacão Matthew no estado da Flórida, nos Estados Unidos, fez companhias aéreas cancelarem voos entre o Brasil e o país norte-americano. Ontem, a Latam informou que a chegada do furacão afetaria voos com origem ou destino em Miami e Orlando entre quinta e sexta (7). Os voos JJ8086 São Paulo-Orlando, JJ8094 São Paulo-Miami, JJ8090 São Paulo-Miami e JJ8095 Miami-São Paulo foram reprogramados e os voos JJ8087 Orlando-São Paulo e JJ8057 Miami-Rio de Janeiro foram cancelados.

A Azul Linhas Aéreas também cancelou alguns de seus voos entre o Brasil e os Estados Unidos – os voos 8704 e 8705, que fariam as rotas São Paulo (Viracopos) – Fort Lauderdale (Miami) – São Paulo (Viracopos); e os voos 8706 e 8707, que fariam as rotas São Paulo (Viracopos) – Orlando – São Paulo (Viracopos) nesta sexta-feira (7). Os clientes afetados serão informados e reacomodados em outros voos da companhia ou poderão solicitar reembolso integral dos bilhetes. 

Imagens: O caos provocado pela passagem do furacão Matthew pelo Haiti / Agência Reuters

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Chefe ou líder? O que você é?

Entende-se que uma das características mais importantes de um líder é desenvolver uma equipe que seja capaz de funcionar sem ele

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

Vida Capixaba

Desafios do mercado audiovisual será tema de live

No bate-papo virtual também vão estar em pauta os desafios do mercado audiovisual e a experiência de Abel Santana no mundo das artes.

Mães à beira de um ataque de nervos

Não há descanso para as mamães, em casa, durante a pandemia Por Letícia Vieira Patrícia achou estranho o silêncio repentino, fazia meses que aquilo não acontecia:...

Escolas de Vila Velha são notificadas por não dar descontos nas mensalidades

As instituições privadas de ensino que não estão aplicando o desconto previsto na Lei Estadual nº 11.144/2020, válida a partir do dia 19 de junho.

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...
Continua após publicidade