21 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho, 2022

Flamengo derrota Universidad Católica e se classifica na Libertadores

Foto_Flamengo_Libertadores_Revista_ES_Brasil
Momento do gol, do meia Everton Ribeiro. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Direitos Reservados

Resultado nesta jogo da Libertadores diminui a pressão sobre o técnico Paulo Sousa

Com informações de Agência Brasil

O Flamengo se classificou para as oitavas da Copa Libertadores após derrotar o Universidad Católica (Chile) por 3 a 0, na noite desta terça-feira, 17 de maio, no estádio do Maracanã.

Este resultado teve importância especial para o técnico Paulo Sousa, que tem recebido muitas críticas pelo seu trabalho. Com a vitória em casa o Rubro-Negro permanece na liderança do Grupo H, agora com 13 pontos. Desta forma o Flamengo carimbou sua vaga no mata-mata da competição continental.

A vitória sobre o Universidad Católica serviu para amenizar um pouco as críticas ao técnico português Paulo Sousa, que tem sido apontado como o responsável por fracas atuações da equipe carioca, em especial no Campeonato Brasileiro, onde o Rubro-Negro vem de uma sequência de quatro partidas sem vitória.

O Flamengo começou bem a partida e logo teve uma oportunidade cristalina de abrir o placar. Aos quatro minutos Gabriel Barbosa recebeu um ótimo passe em profundidade e, na cara do goleiro Sebastián Pérez, falhou na hora da finalização. Porém, dois minutos depois o time da Gávea conseguiu abrir o placar, quando o uruguaio Arrascaeta cobrou escanteio e Willian Arão não perdoou de cabeça.

A equipe do técnico Paulo Sousa continuou melhor, e ainda na primeira etapa ampliou aos 38. Matheuzinho recebeu de Arrascaeta na ponta direita e cruzou para Bruno Henrique, que escorou para Everton Ribeiro deixar o seu. Na etapa final a dinâmica permaneceu muito parecida, com o Flamengo apresentando bom volume de jogo, mas perdendo muitas oportunidades. Porém, no penúltimo minuto do tempo regulamentar o atacante Pedro, que entrou no lugar de Gabriel Barbosa, marcou um golaço para coroar a vitória. O camisa 21 recebeu de João Gomes, deu dois cortes em Asta-Buruaga e bateu com violência para marcar.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade