21 C
Vitória
quinta-feira, 18 DE julho DE 2024

Flamengo e Athletico empatam em jogo com final emocionante

Com gol marcado nos acréscimos, o time Rubro-negro conseguiu arrancar o empate em jogo fora de casa

Na disputa direta pela liderança do Campeonato Brasileiro, Athletico-PR e Flamengo foram cautelosos demais e ficaram no empate por 1 a 1, neste domingo, na Ligga Arena, em Curitiba, pela nona rodada. O resultado só não frustrou mais de 38 mil torcedores, porque o jogo teve um final emocionante, com um gol para cada lado Nóis acréscimos.

Fernandinho, de pênalti, abriu o placar aos 46 minutos, para o time paranaense, mas o rival carioca empatou, aos 53, em uma cabaçada de Evertton Araújo. Com 18 pontos, o Flamengo continua na frente dos paranaenses, agora com 17.

- Continua após a publicidade -

Comandados por dois técnicos da escola gaúcha, Cuca, pelo Athletico, e Tite, pelo Flamengo, o primeiro tempo se caracterizou pelo início de “estudos” acompanhados de forte marcação.

E desta vez, até por falta de opção, Tite escalou o time carioca com três atacantes com as entradas de Luiz Araújo, pela direita, e Bruno Henrique, pela esquerda, e com Pedro centralizado. Cuca não abriu mão de três volantes: Erick, Fernandinho e Felipinho, dois meias – Christian e Nikão -, deixando apenas Mastriani no ataque.

Apesar da intensidade, o jogo ficou truncado e sem chances reais de gol. Pelo lado do Athletico, Nikão arriscou três chutes, mas de longa distância e neutralizados por Rossi. O Flamengo só acertou um chute de Lorran defendido por Léo Linck.

Na volta do intervalo, Tite reforçou a marcação carioca. Preocupado com os avanços de Nikão pelo lado direito, ele aproveitou um “mal-estar” de Bruno Henrique para colocar o volante Victor Hugo. No lado paranaense, Cuca tentou soltar um pouco seu time, tirando Felipinho para a entrada do atacante Cuello.

Aos 21 minutos, enfim, Tite colocou Gabriel Jesus em campo no lugar de Lorran. No minuto seguinte, Gabigol marcou um gol, anulado em seguida por impedimento, marcado pelo auxiliar e confirmado pelo VAR.

O jogo continuou bem disputado, mas sem nenhuma conclusão em gol Mas um lance mudou a história do jogo aos 42 minutos, quando Julimar chutou de bico e a bola tocou no braço direito do zagueiro David Luiz. O VAR chamou o árbitro Anderson Daronco, que assinalou o pênalti.

Na cobrança, aos 46, Fernandinho chutou forte e no alto. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar. Festa intensa nas arquibancadas. O Flamengo ainda teve uma chance aos 49 minutos, numa cabeçada de Pedro e defendida por Léo Linck. Uma grande defesa.

O visitante continuou martelando e aproveitou um minuto a mais de acréscimos para empatar, aos 53 minutos. Após escanteio, Evertton Araújo desviou de cabeça para as redes. Inconformado com esta mudança, de 7 para 8 minutos de acréscimos, Cuca acabou expulso.

No meio de semana acontece a 10ª rodada e o Athletico vai sair diante do Botafogo, no Rio, quarta-feira, às 19 horas. O Flamengo atuará no Maracanã diante do Bahia, quinta-feira, às 20 horas. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA