20.9 C
Vitória
segunda-feira, 29 novembro, 2021

Festival do Caranguejo em Linhares é a dica para o feriadão prolongado

Entre os dias 4 e 7 de setembro, Pontal do Ipiranga, no litoral de Linhares, vai receber a sétima edição do Festival do Caranguejo

Por Munik Vieira

Devido à pandemia, o evento será realizado com a presença do público limitado e no formato Drive-trhu. O festival vai acontecer no restaurante Rainha do Caranguejo, localizado na Segunda Avenida do balneário.

No sábado (4/9), domingo (5/9) e segunda-feira (6/9), o evento será realizado das 10 às 22 horas. Já na terça-feira (7/9), o festival acontecerá das 10 às 16 horas. Todas as medidas de prevenção contra a Covid-19 serão adotadas pelos organizadores do evento.

Ao longo dos quatro dias de programação, a porção do crustáceo, com quatro unidades, será servida a R$ 24. Dentre as opções de acompanhamento para o caranguejo estão o vinagrete e a farofa.

Já a dúzia (12 unidades) do caranguejo vivo, será vendida por R$ 25,00. Para comprar o crustáceo sem sair do carro, o cliente deverá solicitar o pedido por meio do telefone (27) 99853-1926.

No primeiro dia de evento, das 15 às 17 horas, também haverá uma live com apresentações musicais e exibição do documentário ‘Caranguejo’ que contará a história de Pontal do Ipiranga. As apresentações serão transmitidas ao vivo pelo Youtube oficial da Prefeitura de Linhares.

“O Festival tem o objetivo de fortalecer e valorizar a tradição local, preservando a história gastronômica da região e consequentemente divulgar o balneário de Pontal do Ipiranga, por meio da culinária e das tradições culturais”, destacou uma das organizadoras do evento, Patrícia Gomes Barbosa.

O evento contará com o apoio da Prefeitura de Linhares, por meio da secretaria municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, e da Fundação Renova. “Vamos apoiar o evento com a proposta de garantir renda aos comerciantes do balneário, neste momento de crise financeira provocada pela pandemia. Além disso, o festival será fundamental para fomentar o turismo e a cultura local”, disse o secretário da pasta, Fabrício Lopes.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade