22.4 C
Vitória
quarta-feira, 20 janeiro, 2021

Fachin diz que não há razões para mudar prisão em 2ª instância

Ao final de uma aula magna, ministrada em uma faculdade de Brasília, o relator da Operação Lava Jato no STF falou sobre o tema

Após o vídeo divulgado pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, em que afirma que a condenação em segunda instância de Lula é indevida, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, afirmou nessa segunda-feira (12) que, na opinião dele, não há razões para a Corte mudar o entendimento sobre esse procedimento.

Fachin, que é o relator da Operação Lava Jato no Supremo, deu a declaração após ministrar uma aula magna com o tema “Constituição, Direitos Fundamentais e Precedentes do STF”, em uma faculdade de Brasília.

Em 2016, a maioria dos ministros do Supremo entendeu que a pena pode começar a ser cumprida após a condenação em segunda instância. Mas, atualmente, há ações em análise na Corte que visam mudar esse entendimento.

O ministro acredita que “a compreensão majoritária do Supremo, tal como se coloca, já firmou jurisprudência”. Fachin completou sua fala, afirmando que “Se isso vier a ser pautado, e vier a ser reapreciada a matéria no mérito dessas ações, evidentemente que eu irei me pronunciar, mas o meu entendimento segue e seguirá inalterado”.

Desta forma, a presidente da Corte, Cármen Lúcia, deverá optar pela inclusão do tema na pauta de julgamentos. Em janeiro, porém, em entrevista à TV Globo, a ministra afirmou que o tema não voltará à pauta.

“Em primeiro lugar, o Supremo não se submete a pressões para fazer pautas. Em segundo lugar, a questão foi decidida em 2016 e não há perspectiva de voltar a esse assunto”, disse Cármen Lúcia na ocasião.

Caso Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a 12 anos e um mês, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em regime inicialmente fechado, em segunda instância da Justiça responsável pela Lava Jato, por conta de um tríplex no Guarujá, em São Paulo.

Foto: Doug Patrôcio / Brazil Press / AE

Após a condenação, a defesa de Lula pediu ao STF que o petista só seja preso quando o processo transitar em julgado, ou seja, quando não couber recurso a mais nenhuma instância da Justiça.

Os advogados do ex-presidente argumentam que, segundo a Constituição, “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”.

Leia mais:

“Vamos com Lula até as últimas consequências”, diz Gleice Hoffmann

Lula: STJ nega pedido de habeas corpus

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Sicoob inicia 2021 com recordes de movimentações financeiras

Instituição tem atuado para facilitar acesso a produtos e serviços financeiros aos seus mais de 5 milhões de cooperados

Situação de emergência em 9 municípios

Este ano o governo já reconheceu cenário crítico em 54 cidades

Concessão da Codesa: o que muda!

A Federação das Indústrias do Espírito Santo promoveu uma audiência para esclarecer o setor produtivo sobre o processo de desestatização da Codesa, a Companhia Docas do ES

Asilos de vitória começam a vacinação

Vitória começou hoje (19), a imunização contra a covid-19 em asilos da capital

Esperança! Espírito Santo da início a vacinação

Ao todo 101.320 mil doses foram disponibilizadas para o estado e serão distribuídas para os municípios referencia em um primeiro momento

Banco de leite do Himaba registra baixa

O Himaba faz um apelo para que as mães que estejam amamentando façam a sua doação de leite humano

ES Brasil Digital

ESBrasil-184 - Retrospectiva
Continua após publicidade

Fique por dentro

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

as variáveis determinantes para os resultados estão relacionadas aos preços dos produtos no mercado interno

Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020

esses setores foram responsáveis por 80% das exportações do agronegócio em 2020, contra os 78,9% de participação registrados em 2019

Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos

A Conab ressalta que, neste quarto levantamento, houve uma revisão da periodicidade e metodologia do quadro de oferta e demanda de arroz

2ª onda não tem mesmas consequências econômicas da 1ª

Bruno Serra afirmou também que a instituição precisou adotar um grau de estímulo monetário "forte" no Brasil

Vida Capixaba

prêmio de fotografia ‘As belezas que Anchieta viu’

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) divulgou, nesta terça-feira (19), o resultado do prêmio de fotografia “As belezas que Anchieta viu”

Novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Oito novas espécies de insetos foram descobertas na região norte do Espírito Santo

Festival verão sem aglomeração

O Festival de Verão sem Aglomeração acontece de 18 a 23 de janeiro

Vai um queijinho aí?

O município de Ibitirama ganhou sua primeira agroindústria, o negócio é uma queijaria e foi o primeiro estabelecimento de 2021
Continua após publicidade