21 C
Vitória
sábado, 20 DE julho DE 2024

Evair acusa Governo Federal de planejar importação de arroz antes de tragédia no RS

Deputado capixaba Evair de Melo afirmou que Governo tinha intenções eleitorais com importação de arroz

Por Robson Maia

O deputado federal capixaba Evair de Melo (PP-ES), afirmou ter indícios de que o governo Lula preparava a importação de arroz antes mesmo da tragédia que ocorreu no Rio Grande do Sul. Segundo o presidente da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, a ação supostamente orquestrada pelo Governo Federal tinha fins eleitorais.

- Continua após a publicidade -

A declaração de Evair aconteceu nas redes sociais. Uma das principais peças opositoras ao atual governo, o parlamentar capixaba apontou que o caso deve ser investigado pelos deputados para verificação de supostas irregularidades.

 “A intenção, segundo os indícios, era usar a importação para questão eleitoreira e política. O governo saiu espalhando fake news sobre a venda do arroz para inflacionar o mercado e justificar seus crimes”, afirmou o capixaba.

A declaração do deputado acontece às vésperas do depoimento do ex-secretário do Ministério da Agricultura, Neri Geller, à Comissão de Agricultura. Durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Geller foi um ferrenho defensor de pautas conservadoras no comando da pasta.

 “O Parlamento não vai se omitir diante de fatos graves que precisam ser esclarecidos”, antecipou Evair.

“Se eu fosse o governo, colocaria as barbas de molho. Já que o governo tem medo de armas, estamos armados até os dentes e com sangue no olho”, completou o deputado.

Segundo Evair, Lula subestimou a oposição no Congresso Nacional e vai ‘amargar’ o enfrentamento do colegiado.

“O governo sempre foi mentiroso e conspiratório e subestimou nossa capacidade de enfrentá-lo. O governo está se fragmentando e as forças ocultas que pressionavam em favor dele estão desaparecendo, o Lula segue com preguiça de trabalhar e mantendo um estagiário no Ministério da Fazenda. O governo está ruindo”, concluiu o parlamentar.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA