Seu filho está escovando os dentes corretamente?

Foto: Reprodução

Estudo revela que crianças utilizam o creme dental de forma errada

O exagero na quantidade de creme dental é um fator que pode prejudicar a saúde bucal do seu filho? Um estudo feito pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) norte-americano revelou que as crianças utilizam a pasta dental de forma errada. Quase 40% dos pequenos entre 3 e 6 anos avaliados usaram o produto de forma exagerada. O uso indiscriminado pode ser prejudicial.

De acordo com a dentista Catarina Riva, a quantidade apropriada de creme dental dependerá de alguns fatores. Caso ele não possua flúor, deve ser usada uma quantidade equivalente a uma ervilha. Caso contrário, quando há a presença dessa substância, a porção deve ser reduzida ao tamanho de um grão de arroz.

“O que faz a limpeza é a escova e não a pasta, já que o atrito dela com os dentes que promoverá a higienização. Vale destacar a importância para que o creme utilizado seja infantil, pois ele contém a quantidade ideal de flúor”, disse a dentista.

A dentista Catarina Riva afirma que os pais devem estar atentos à escovação dos filhos. – Foto: Divulgação

O flúor é uma substância presente na natureza, em alguns alimentos e na água potável. Ele ajuda a prevenir cáries, mas em excesso pode manchar nos dentes, a chamada fluorose, que acarreta na desmineralização do esmalte. “A melhor forma de prevenção é controlar a escovação das crianças e fazer escolhas certas”, diz a especialista.

A escova utilizada também deve ser bem pensada. Segundo Catarina, as mais adequadas são aquelas com cerdas macias e homogêneas. “Escovas com desenhos também são uma ótima opção para incentivar as crianças na hora da escovação e tornar esse momento mais divertido”, aconselha a especialista.

Outro ponto que se deve prestar atenção é no manuseio da escova durante a limpeza bucal. Usar a o acessório com força ou com movimentos errados pode provocar pequenos traumas na gengiva e não promover efetivamente a higienização. “Realizar visitas ao menos uma vez ao ano no dentista também é uma forma de prevenção de possíveis problemas” completa Catarina Riva.

Prevenção e incentivo

Segundo a dentista, os cuidados com a saúde bucal das crianças devem ser iniciados antes do aparecimento dos dentinhos. Segundo a especialista, isso pode ser feito a partir dos cinco meses de vida da criança.

“Esse processo poderá ser feito com gaze ou com uma fralda molhada com água filtrada ou mineral para a limpeza. A mãe ou o pai deve enrolar o tecido na ponta do dedo e esfregar levemente as bochechas, língua, céu da boca e gengiva da criança. Isso ao menos duas vezes ao dia” aconselha.

 

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!