22.1 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho, 2022

ES: Pequenos negócios são responsáveis por 75% dos empregos

Os setores destaque na geração de emprego em março foram: Serviços; Construção; e Indústria de Transformação. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

No Espírito Santo, dos 2,9 mil empregos gerados em março, 2,2 mil foram criados por micro e pequenas empresas

Por Amanda Amaral 

As micro e pequenas empresas capixabas, apenas no mês de março, geraram 2.216 novos postos de trabalho, sendo que o total gerado pelo restante das empresas foi de 2.957. Desta forma, os pequenos negócios têm garantido o saldo positivo de empregos no Estado, contratando mais do que demitindo.

Isso significa que as micro e pequenas empresas do Espírito Santo foram responsáveis por 74,9% dos empregos gerados no mês de março. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Para o superintendente do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES), Pedro Rigo, “as MPEs são as grandes responsáveis por movimentar a economia no Brasil e o mesmo acontece no Espírito Santo, que com frequência, vem registrando saldos positivos de emprego impulsionados pelos pequenos negócios”.

As micro e pequenas empresas movimentam a economia, segundo o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo. Foto: Divulgação/Sebrae

Quando avaliado o primeiro trimestre do ano de 2022, as micro e pequenas empresas capixabas conquistaram um saldo positivo de 7.586 empregos gerados.

Em ambas situações, tanto na avaliação mensal quanto trimestral, os setores de destaque são Serviços, Construção e Indústria de Transformação.

Já o setor do comércio, que já foi um dos maiores empregadores do país, vem em uma crescente de demissões, tornando o saldo de empregos negativo.

Micro e Pequenas Empresas 

As microempresas são aquelas que possuem faturamento anual de até R$ 360 mil ou empregam até nove pessoas no comércio e serviços ou 19 pessoas no setor industrial. Já as pequenas empresas têm faturamento anual de até R$ 4,8 milhões por ano ou empregam de dez a 49 pessoas no comércio e serviços ou de 20 a 99 pessoas na indústria.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade