23.3 C
Vitória
quarta-feira, 24 abril, 2024

ES dá mais um passo para instalação de rede de banda larga

ES dá mais um passo para instalação de rede de banda largaAssinatura de termo de cooperação do Governo do Estado com a Telebras é mais um passo para a implantação do Programa ES Digital, que vai permitir acesso à banda larga nos municípios capixabas.

Um convênio assinado entre o Governo do Espírito Santo e a Telebras na última sexta-feira (19), deu início à implementação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) no Estado. Entre os requisitos definidos no Termo de Cooperação Técnica assinado, também está a integração das redes de telecomunicações federal e estadual, contribuindo para massificar o acesso à internet de alta qualidade e velocidade em todo o território capixaba.

- Continua após a publicidade -

Com este passo, o Estado passa a ter benefícios que vão desde a elaboração de projetos e estudos conjuntos, à contribuição para o Programa ES Digital que vai permitir oferecer acesso à banda larga nos municípios e do programa MetroGVix em um tempo menor, além de proporcionar por meio das ações da Fapes, a capacitação de recursos humanos no Estado e a melhoria da gestão pública.

Na ocasião, o presidente da Telebras, Caio Bonilha, destacou a importância da cooperação. “O Espírito Santo será um dos primeiros Estados a participar o PNBL, que vai oferecer uma infraestrutura que beneficiará a população, empresas e instituições, de forma a contribuir para o crescimento tecnológico e também da cidadania digital”, afirmou.

O governador Renato Casagrande assinou a cooperação, demonstrando como o Governo Estadual está empenhado em caminhar junto com a população capixaba para um futuro promissor. “Vamos ter cabos de fibra ótica ampliando a interligação das telecomunicações, em especial para os municípios do interior com a Grande Vitória e o País. Com o PNBL vamos permitir que todos tenham acesso à informação e conhecimento. O Governo, junto com outras instituições como a Telebras e o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, demonstram este compromisso para transformar o Espírito Santo em um exemplo de Estado tecnológico”.

Para Anilton Salles, diretor-presidente da Fapes, a expectativa é alta diante desse acordo. “Conforme já citado, além da ampliação do acesso e interligação das telecomunicações, o baixo custo será um fator determinante para o sucesso do projeto. Esse acordo viabiliza também a descentralização do desenvolvimento, uma vez que reduz o preço para os pequenos provedores do interior em até quatro vezes. Em 2014 está prevista a primeira fase de implantação nos municípios de Vila Velha, Cariacica, Viana e Serra. Até o final de 2015, está prevista a conexão da rede em todo o Estado concretizando o programa ES Digital”, comentou.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA