25.5 C
Vitória
sábado, 29 janeiro, 2022

Equipe de técnicos vai aos EUA discutir carne brasileira

Profissionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento serão enviados no início de julho

De acordo com o Portal Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) selecionou uma equipe de técnicos para ir aos Estados Unidos no início de julho e discutir o fim da suspensão temporária da compra da carne bovina brasileira.

Segundo o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Luiz Eduardo Rangel, a carta de resposta aos questionamentos que levaram à decisão do governo norte-americano deverá ser concluída ainda nesta semana.

Ele informou que somente após o retorno da equipe técnica o titular da pasta, ministro Blairo Maggi, deverá se reunir nos EUA para tratar sobre o assunto com o secretário de Agricultura norte-americano, Sonny Perdue.

A expectativa da pasta é de que o processo para reverter a suspensão da compra da carne brasileira demore cerca de um mês.

Sistema rigoroso

Na última sexta-feira (23), o secretário-executivo do Mapa, Eumar Novacki, garantiu a segurança do Sistema Federal de Inspeção (SIF), o qual classificou como robusto. Segundo ele, as inflamações na carne brasileira identificadas pelas autoridades dos EUA são reações naturais à vacina contra febre aftosa.

Na ocasião, ele acrescentou que o ministério já instaurou uma auditoria para atestar a qualidade e origem das vacinas. Ao mesmo tempo, o governo brasileiro irá editar uma nova norma para balizar as vacinas de aftosa, dentre outras eventuais providências sanitárias, a partir do resultado das apurações.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade