25.9 C
Vitória
sábado, 4 dezembro, 2021

Empresas começam a se instalar no Cercado da Pedra

25 lotes foram arrematados a partir de concorrência pública realizada pelo Governo do Estado. Algumas empresas já começam a se instalar no Cercado da Pedra

Por Samantha Dias 

As empresas que adquiriram os 25 lotes no Polo Empresarial Cercado da Pedra, no município da Serra, já estão começando a etapa de implantação das suas unidades. Na licitação realizada em março deste ano, 25 lotes foram arrematados a partir de concorrência pública realizada pelo Governo do Estado.

Do total de 12 empresas que adquiriram os lotes, cinco estão investindo, atualmente, na etapa de implantação de unidades no Polo Empresarial. Atuantes nos segmentos de fabricação de produtos fundidos ferrosos e não ferrosos; pintura industrial e complementos para pintura imobiliária; produtos para recauchutagem e metalurgia, as empresas estão iniciando obras de terraplanagem, implantação de galpões ou em adequações nos loteamentos.

O empreendimento tem localização estratégica do ponto de vista logístico – está localizado na Avenida Talma Rodrigues Ribeiro – já que está entre as importantes rodovias, a BR-101 e a ES-010, e próximo de aeroporto, ferrovia e porto. Além disso, o município da Serra apresenta um desenvolvimento significativo para o Estado e, por isso, a localização é propícia a empresas locais e também para aquelas de outros estados que tenham interesse em se instalar no Estado.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, destacou a importância dos Polos Empresarias para o Estado. “Trabalhamos pautados na prospecção ativa de novos investimentos e, todos os dias, nossa equipe mantém contato com empresas de dentro e fora do Estado. Nossa meta é a expansão de negócios e a chegada de novos projetos para criar oportunidades e postos de trabalho para os capixabas, fazendo com que a economia possa girar e ser cada vez mais próspera”, enfatizou.

O subsecretário de Estado de Integração e Desenvolvimento Regional, Paulo Menegueli, destacou que os polos empresariais têm a infraestrutura completa (pavimentação, drenagem, iluminação pública, rede elétrica, rede de água e esgoto), onde empresas podem instalar sedes ou consolidar projetos de expansão. Todos os lotes estão legalmente registrados.

Com informações do Governo do Estado

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade