24 C
Vitória
segunda-feira, 10 agosto, 2020

Empoderar equipes é o maior legado do líder

Leia Também

Estimativa para Selic no fim de 2020 permanece em 2,00% ao ano no Focus do BC

Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2020. O Relatório de Mercado...

Sine VV: 205 vagas de emprego em 29 profissões diferentes

Confira as vagas que o Sine de Vila Velha ofertará nessa segunda-feira (10). No total, serão 205 vagas de emprego em 29 profissões diferentes. As...

Congresso decreta luto oficial de 4 dias após 100 mil mortes por covid-19

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), informou neste sábado (8) que o Congresso decretou luto oficial de quatro dias em solidariedade "a todos...

Equipes conduzidas por um líder que distribui o poder têm melhor desempenho em longo prazo

A distribuição de poder nas organizações é um assunto polêmico. A pesquisadora Natalia Lorinkova, da Wayne State University, trouxe recentemente ao mundo da gestão e da liderança uma constatação feita nos Estados Unidos de que as equipes conduzidas por um líder com perfil de distribuir o poder têm um desempenho que melhora em longo prazo (e não em um curto período), na medida em que ganham capacitação, alcançam níveis mais altos de aprendizado e desenvolvem um novo modelo mental.

O estudo determina que o líder diretivo consegue melhores resultados no começo, mas com o passar do tempo o modelo de empoderamento tem desempenho melhor, principalmente porque a organização não permanece dependente de uma única pessoa e o índice de sobrevivência é mais alto, inclusive em tempos de turbulências políticas e econômicas como as vividas pelo Brasil hoje.

Na Big Show Retail, realizada em Nova York no início do ano, o tema foi muito discutido entre os participantes, a partir de palestras que apontaram a tendência da necessidade do varejo em gerar pessoas empoderadas para atender ao cliente à procura de uma experiência inesquecível no ponto de venda.

Esse resultado da pesquisa e as discussões temáticas da maior feira de varejo do mundo indicam que o líder precisa atuar para deixar o legado com bases bem definidas dentro da organização, o que é muito diferente de uma visão nostálgica eivada de recordações.
O posicionamento do líder disposto a desenvolver uma organização sustentável ao longo do tempo deve ser o de preparar pessoas a garantir a longevidade do negócio, através de uma atuação direta e pessoal no treinamento do seu pessoal, e não apenas em ações de comando e controle, que são usuais no cotidiano da gestão.

E quando entendemos que legado é um pilar estratégico da liderança, imediatamente trazemos ao contexto duas palavras: confiança e caráter, essenciais para a construção das bases sólidas para a geração de novos líderes.

Em meu último livro sobre o tema, cujo título é “Estratégias & Liderança” (Editora Ithala), afirmo que liderança é uma arte, e não uma ciência, pois ser líder é garantir que as pessoas queiram fazer espontaneamente o que deve ser feito, com autonomia e entusiasmo.

E concluo aproveitando a expressão da língua inglesa “great by choice”, utilizada por diversos autores norte-americanos. Ela defende que um líder com a intenção de deixar um legado precisa decidir não ser comum, não ser igual a outros, fazer algo mais e ser um ponto fora da curva.

E você? Prefere ser um líder diretivo que gera resultado em curto prazo ou um líder que empodera a sua equipe? Decida e deixe seu legado de liderança. O futuro agradece.

Adilson Neves é professor, coach, consultor, escritor e palestrante

Continua após a publicidade
Continua após publicidade

Fique por dentro

Balança comercial tem superávit de US$ 8,060 bilhões em julho

O resultado de julho foi mais do que o dobro registrado no mesmo mês do ano passado, quando foi positivo em US$ 2,391 bilhões

Educação é a maior despesa dos municípios capixabas

Levantamento da 26ª edição do anuário Finanças dos Municípios Capixabas, da Aequus Consultoria, publicado em julho de 2020, traz um apanhado detalhado da gestão...

Iluminação de Vila Velha: confira resultado do leilão

O parque de iluminação pública de Vila Velha (ES) será ampliado e modernizado pelo Consórcio SRE – IP Vila Velha, pelos próximos 20 anos.

Dia dos Pais: 47,8% das pessoas comprarão presentes on-line

De acordo com uma pesquisa, 57,6% das pessoas entrevistadas pretendem celebrar o Dia dos Pais; 21,5% ainda estão na dúvida sobre comemorar ou não.

Vida Capixaba

Mostra on-line de arte e cultura em Vitória

A distância dos palcos não impediu que os alunos dos espaços culturais da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) se apresentassem ao público em 2020. Durante...

Dia internacional da cerveja: mulheres ganham cada vez mais espaço

Apesar de ainda sofrerem preconceito, mulheres estão cada vez mais conquistando espaço no meio cervejeiro. A data é comemorada sempre na primeira sexta-feira de agosto,...

Curso gratuito de gestão

Empresa de tecnologia lançou o treinamento para formação de gestores com foco ERP devido a carência de bons gestores com capacidade para desenvolver o...

Espaço Baleia Jubarte reaberto

O Projeto Baleia Jubarte e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, junto com o Projeto TAMAR, prepararam um protocolo de segurança específico para o Espaço Baleia Jubarte e Centro de Visitantes
Continua após publicidade