21 C
Vitória
terça-feira, 16 agosto, 2022

Do Val lamenta adiamento da votação de projeto sobre porte de armas

Marcos do Val articulou a votação para aprovar o projeto, mas a sessão da CCJ foi adiada por falta de quórum. Foto: Divulgação (Twitter/Marcos do Val)

O projeto sobre o projeto que flexibiliza o porte de arma de foto seria votado na CCJ do Senado nesta quarta-feira 

Por Josué de Oliveira

O senador capixaba Marcos do Val lamentou o adiamento da votação no Senado do projeto que muda as regras para registro e porte de armas de fogo.

A matéria, da qual Do Val é relator, regula também a atividade de colecionadores, atiradores esportivos e caçadores (CACs).

A proposta seria apreciada na Comissão de Constituição e Justiça, mas por falta de quórum a votação foi suspensa.

“Estou fazendo minha parte como senador e representante dos meus eleitores. Fiz reuniões para compor o melhor caminho, mas infelizmente acordos foram quebrados”, disse o capixaba.

Segundo Do Val, ele vai continuar trabalhando na tentativa de aprovar seu parecer sobre o tema.

“Sigo firme com o propósito de aprovar meu relatório, trazendo segurança jurídica aos CACs e liberdade de defesa aos cidadãos de bem”, declarou.

No Senado, o projeto tem dividido opiniões. Para alguns senadores, no entanto, a proposta vai além e, na verdade, flexibiliza regras de modo a facilitar o acesso dos brasileiros a armamentos.  

O senador Esperidião Amin (PP-SC) defende que os CACs tenham de fato suas atividades devidamente regulamentadas, mas fez uma ressalva ao projeto em tramitação.

“Uma coisa é regular posse de arma e a situação dos CACs; outra coisa é regular porte de arma. Pegaram carona nesse projeto muitas categorias, que até têm o direito de pedir, mas deveriam fazê-lo em outro projeto. Primeiro devemos pagar nossa dívida, que é regular a questão dos CACs. Mas regular porte de arma da categoria A, B, C ou D, ainda que justas algumas das reivindicações, vai complicar a apreciação”, avisou. 

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade