19.9 C
Vitória
segunda-feira, 23 maio, 2022

Distrito Criativo da Prainha pode levar Vila Velha à Unesco

esbrasil-prainha-vila-velha
O comitê coordena as ações do CDC, um espaço destinado ao incentivo da criatividade e das inovações artísticas e culturais - Foto: Divulgação/PMVV

O comitê do Distrito Criativo será formado por representantes do poder público, dos setores cultural, criativo, empresarial e acadêmico e da sociedade civil organizada

Por Wesley Ribeiro 

A partir da criação do Distrito Criativo Prainha, a cidade poderá se candidatar para pertencer à Rede Mundial de Cidades Criativas, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). O objetivo da Rede é promover a cooperação entre cidades que identificaram a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento urbano sustentável.

Os integrantes do Comitê do Distrito Criativo Prainha (CDC) vão tomar posse na próxima segunda, 16 de maio, às 9 horas, no Polo de Apoio Presencial da UAB (Universidade Aberta do Brasil), localizado na Prainha, em Vila Velha.

Segundo a Prefeitura Municipal, o comitê será formado por representantes do poder público, dos setores cultural, criativo, empresarial e acadêmico e da sociedade civil organizada.

O comitê coordena as ações do CDC, um espaço destinado ao incentivo da criatividade e das inovações artísticas e culturais.

Objetivos do CDC

Entre os objetivos da iniciativa, segundo o Administração Municipal, está promover a diversidade cultural e o desenvolvimento humano; valorizar a identidade local e oportunizar um espaço igualitário e democrático onde, por intermédio da criatividade e da cultura, os diferentes segmentos sociais possam harmonizar-se.

Além disso, é também desenvolver ações de disseminação de tecnologia social resultante de um trabalho coletivo, que encontre sustentação e legitimidade no diálogo com a sociedade; estimular o setor empresarial a valorizar seus ativos criativos e inovadores, com a finalidade de promover a competitividade de produtos, bens e serviços cujos insumos primários sejam o talento e a criatividade individual e coletiva locais; entre outros.

“O Distrito Criativo é um centro geográfico e organizacional de artes e ofertas culturais, um verdadeiro atrativo para a criatividade e a inovação, incentivando a cultura, a gastronomia e o artesanato, atraindo clientes e empresas culturais e criativas”, afirma o secretário de Cultura e Turismo, Paulo Renato Fonseca Júnior.

 

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade