20.5 C
Vitória
domingo, 13 junho, 2021

Dia dos namorados em casa: monte um clima romântico e surpreenda quem você ama

Mais um ano de pandemia do novo coronavírus e, mais uma vez, o Dia dos Namorados, comemorado neste sábado (12), está diferente para a maioria dos casais.

Por Munik Vieira

Para que as pessoas continuem cuidando uma das outras, o ideal é comemorar a data em casa, longe das aglomerações. Diante disso, a ES Brasil conversou com a sexóloga e chef de cozinha especializada em comidas afrodisíacas, Cláudia Marriel, que separou dicas incríveis para você abusar da criatividade e bolar uma forma diferente de celebrar a data.

A dica do clássico jantar especial não poderia deixar de constar nesta lista. “O casal pode apostar em fazer algo em casa. Um jantarzinho rápido para ninguém ficar o tempo todo na cozinha é ótimo para começar”, diz Cláudia.

Cláudia Marriel
A sexóloga e chef de cozinha, Claudia Marriel, é conhecida no mercado capixaba como “chef do amor”, por oferecer cursos e ensinar receitas afrodisíacas aos casais. Foto: Reprodução

Para otimizar o tempo na cozinha e ninguém ficar preso ao fogão, o casal pode cozinhar junto. “Um dos dois pode cozinhar enquanto o outro prepara um drink, abre um vinho, um espumante ou ajuda na preparação dos ingredientes”, afirma.

Para dar atenção ao parceiro e vice-versa, nada de celulares. “Ambos precisam se desconectar do celular e se conectar um com o outro. Atualmente, estamos todos muito conectados virtualmente. Isso é péssimo para o relacionamento. O mais importante é estar presente e se dedicar ao momento à dois”, destaca.

O relacionamento depende que o casal invista nele. O dia dos namorados é apenas um dia, mas os outros 364 dias do ano são para cuidar do parceiro com amor, respeito e cumplicidade. Para Cláudia, não existe segredo ou receita infalível para manter um relacionamento estável. “O que existe é a entrega de ambas as partes, quando o casal faz sua parte para investir e cuidar deste amor. Quem ama realmente cuida, e cuidado é isso: ter carinho, olhar de admiração, dar atenção”.

Para o dia ser especial

Para aproveitar ainda mais a data comemorativa, que tal colocar uma musiquinha leve para tocar e animar o ambiente ao preparar o jantar? A sexóloga também acrescenta para que você “tome um banho, se arrume como se fosse sair de casa e comemore com o parceiro. Se arrume um para o outro, arrume a mesa de jantar, use a criatividade, se desconecte do mundo e se conecte ao momento”.

Receitas

Formada em gastronomia e pós-graduanda em sexologia, Cláudia Marriel oferece cursos de sexualidade feminina e é referência em todo Brasil como “chef do amor”, por suas receitas afrodisíacas. A especialista ofereceu, com exclusividade à ES Brasil, um cardápio recheado para você aproveitar o dia dos namorados. Confira!

Drink afrodisíaco

Drink
Drink afrodisíaco red pepper, por Cláudia Marriel. Foto: Reprodução Cláudia Marriel

Ingredientes:
50 ml de gin pink
4 morangos
1 “Você Gostosa” (bebida energética com taurina, cafeína e guaraná) de groselha com pimenta pepper blend
20 ml de suco limão
1 unidade de pimenta-dedo-de-moça
1 unidade de canela em pau
Gelo + água tônica

Modo de fazer:
Macerar o morango na coqueteleira, colocar gelo e limão e agitar bem.
Em uma taça para gin, coloque o gelo e mexa bem para refrigerar a taça. Escorra a água, coloque a mistura na taça usando uma peneirinha, adicione o gin e mexa. Adicione o “Você Gostosa” e mexa. Coloque a canela em pau e complete com água tônica.
Enfeite a taça com uma Pimenta dedo de moça!
Tim, Tim!

Dica da chef: se não tiver a bebida “Você Gostosa”, utilize uma rodela de pimenta dedo-de-moça ao macerar o morango. Usei o gin pink. Se beber, não dirija!

Entrada – salmão com ovas de capelin

Salmão com ovas
Salmão com ovas de capelin, por Cláudia Marriel. Foto: Reprodução Cláudia Marriel

200 g de filé de salmão sem pele
20 g de cebola
10 unidades de alcaparras picadas
1/3 unidades de pimenta-dedo-de-moça
1 ramo de salsa
1/2 unidade de limão siciliano
Sal
1/2 dente de alho finamente picado
Raspas de Limão Siciliano
Azeite
30 g de ovas de capelin
Fatias de torradinhas de pão de sua preferência

Modo de fazer:

Utilizando o salmão bem gelado (limpo e sem pele) pique em cubos bem pequenos e mantenha na geladeira.
Em banho maria de gelo, esprema o limão e adicione a cebola picada, o alho, as alcaparras, a pimenta-dedo-de-moça, complete com sal e azeite.
Adicione o salmão picado ao molho, misture bem e mantenha refrigerado.
Corte finas fatias do pão de sua preferência, passe azeite e torre levemente no forno.

Montagem:

Coloque o tartar em aro. Pode escorrer um pouco do molho, mas tome o cuidado de secar em volta do aro com uma toalha de papel antes de tirar o aro. Arrume as torradinhas, enfeite o prato com as raspas de limão siciliano e com uma fina fatia de pimenta-dedo-de-moça. Tire o aro e coloque as ovas de capelin em cima do tartar, sirva imediatamente!

Dicas da chef: faça as torradinhas em formato de coração. Pode fazer apenas um tartar para ambos dividirem o mesmo prato de entrada, ou, faça dois minis tartar.

Prato principal – caldinho afrodisíaco do amor

Caldinho de sururu
Caldinho afrodisíaco do amor, por Cláudia Marriel. Foto: Reprodução Cláudia Marriel

Ingredientes

300 g de sururu
2 unidades de cebola picada
300 g de cará
3 unidades de tomate
1/3 unidades de alho poró
1/3 unidades de pimenta-dedo-de-moça
Coentro
1 unidade de limão
Sal
1 Dente de alho finamente picado
Gengibre
Azeite
50 ml de leite de coco
Páprica defumada
Pimenta do reino

Modo de fazer:

Pique o sururu, tempere com limão, pimenta do reino e sal e reserve.
Descasque o cará, corte em pedaços e reserve.
Pique o alho, tomate, a cebola, o alho poró e o coentro e reserve.
Rale o gengibre.
Separe os temperos picados em duas partes, uma para refogar e cozinhar o cará e a outra para fazer a moquequinha com o sururu.
Em uma panela de barro coloque o azeite, o alho picado e dê uma leve fritada. Adicione todos os temperos, a cebola, o alho poró, o tomate e o coentro, Adicione o sururu e mexa. Em seguida, adicione o gengibre, pimenta-dedo-de-moça e a páprica defumada. Corrija o sal, faça uma moquequinha bem saborosa e reserve.

Em outra panela, faça o mesmo processo com os temperos como se fosse fazer uma moqueca, adicione o cará picado aos temperos, coloque sal, pimenta do reino, páprica defumada e adicione água para o cozimento. Depois de cozido, bata no liquidificador e adicione o creme do cará à moquequinha de sururu mexendo bem para incorporar. Se necessário, acrescente um pouco de água. O caldo deve ficar mais grossinho. Finalize com leite de coco.

Dica da chef: sirva bem quente, em cumbuquinhas ou panelinhas de barro, finalizando com azeite e coentro picado.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade