26 C
Vitória
sábado, 13 abril, 2024

Defeso do sururu começa dia 1º e vai até 31 de dezembro

A fiscalização ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) de Vitória iniciou, na manhã desta quarta-feira (25), abordagens aos catadores de Sururu de Costão Rochoso (o Perna perna)

Por Munik Vieira

A ação visa orientar os catadores sobre o período do defeso do crustáceo, quando é proibida a cata e a comercialização, que começa no dia 1º de setembro e se estende até 31 de dezembro.

- Continua após a publicidade -

A primeira ação foi na Ilha do Frade – Área de Proteção Ambiental (APA) Baía das Tartarugas. “Havia apenas um catador, Então, apenas orientamos sobre a proximidade da época do defeso, que é período da reprodução do sururu”, contou Alexandro Amaral, gerente de Fiscalização Ambiental da Semmam.

Segundo Amaral, além das ações rotineiras ao logo do ano, sobre pesca e outros crimes ambientais, a Gerência realiza operações em períodos específicos. “A fiscalização é intensificada durante o defeso. Mas, antes, fazemos abordagens educativas”, disse.

As ações educativas e desenvolvidas pela Gerência de Educação Ambiental da Semmam, complementam as abordagens da fiscalização.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA