17 C
Vitória
terça-feira, 2 junho, 2020

Débitos de veículos poderão ser parcelados no Detran|ES

Leia Também

Mais de 14 mil casos confirmados do novo coronavírus no ES

Segundo o “Painel Covid”, administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), chegou a 14.285 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Espírito Santo.

Novas regras adotadas para o comércio a partir desta segunda-feira (1º)

As novas regras para galerias, centros comerciais, academia, shoppings e restaurantes de Vila Velha foram publicadas no Diário Oficial do município desse domingo (31).

Parque de iluminação de Vila Velha será modernizado e ampliado

O edital para contratação da empresa que realizará o serviço foi lançado na sexta-feira (29), nos Diários Oficiais do Município, Estado e da União, além de jornais de circulação nacional.

Segundo trimestre deve ser bem pior para o PIB, diz presidente do BC

Ao avaliar os dados de atividade, Roberto Campos Neto também afirmou que houve uma piora crescente da expectativa entre agentes econômicos sobre o PIB.

A medida visa reduzir a inadimplência e facilitar a regularização da situação dos veículos

A partir desta semana, os condutores que possuem débitos de veículos poderão parcelá-los no Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES). A ação visa a reduzir a inadimplência e facilitar a regularização dos veículos perante o órgão responsável.

Os pagamentos poderão ser feitos por meio de cartões de débito ou crédito. As multas, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Licenciamento Anual poderão ser pagos por meio de empresas de crédito homologadas ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

De acordo com o diretor de Habilitação e Veículos do Detran|ES, José Eduardo de Souza Oliveira, o Detran|ES disponibilizará aos proprietários dos veículos ou aos infratores, alternativas para quitar seus débitos à vista ou em parcelas mensais, com imediata regularização da situação de seus veículos.

Oliveira destacou que o índice de inadimplência dos condutores capixabas é relativamente alta, por isso a medida foi adotada. “Em comparação ao ano de 2017, foi estimado que a inadimplência de débitos relacionados a veículos registrados no Estado seja de cerca de 40%. A frota atual do Espírito Santo é de 1.943.879 veículos.”, disse.

Vale lembrar que este parcelamento ficará a cargo de cada operadora, que poderá oferecer um plano de parcelamento em até 12 vezes e a cobrança de taxa de juros será negociada diretamente com os interessados. Sendo assim, o condutor escolherá a forma que mais agrada e os encargos e diferenças de valores cobrados por causa do parcelamento, principalmente por cartão de crédito, ficarão, exclusivamente, por conta do titular.

Realizando o pagamento pelo cartão de crédito, o licenciamento e a respectiva emissão do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), documento de porte obrigatório, serão liberados rapidamente.

Resolução

A medida foi adotada após a a publicação da Resolução 736, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em julho deste ano, cujo texto estabelece e normatiza os procedimentos para a aplicação das multas por infrações, a arrecadação e o repasse dos valores arrecadados, para dispor sobre o pagamento parcelado de multas de trânsito.

No texto aprovado pelo Contran autoriza que os órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito firmem, sem ônus para si, acordos e parcerias técnico-operacionais para viabilizar o pagamento de multas de trânsito e demais débitos relativos ao veículo com cartões de débito ou crédito, regularizando a situação do veículo.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Embraer tem prejuízo líquido de R$ 1,276 bilhão no 1º trimestre, 6 vezes maior

Segundo a empresa, os principais fatores determinantes para o aumento do prejuízo líquido ajustado foram o declínio na receita operacional aliado ao crescimento das perdas cambiais.

Especialista dá dicas para quem deseja empreender na internet

Com as medidas de isolamento, houve um aumento no mercado de compras online. Para quem ainda não está no mercado virtual de vendas, esse é o momento.

Crise econômica causada pelo novo coronavírus faz desemprego chegar a 12,6%

De acordo com o IBGE, são aproximadamente 4 milhões de brasileiros fora do mercado de trabalho nesse trimestre.

Prejuízo com fechamento de shoppings centers capixabas chega a R$ 1 bilhão

Os shoppings centers da Grande Vitória estão fechados desde o dia 19 de março, por meio de um decreto estadual a fim de conter a pandemia do novo coronavírus.

Vida Capixaba

“Chapeuzinho Vermelho” no Diversão em Cena ArcelorMittal

Produzido pela Companhia O Trem, o espetáculo terá música ao vivo, brincadeiras e muita interação: o elenco precisará da ajuda do público para contar a história.

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda (1º)

De acordo com a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a decisão foi tomada durante uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública do Estado, realizada hoje. 

Como montar um cantinho lúdico e organizado para as crianças

Com as crianças em casa em tempo integral, as famílias se deparam com o desafio de manter a rotina de atividades escolares e brincadeiras.
Continua após publicidade