26 C
Vitória
segunda-feira, 6 abril, 2020

Currículos confusos dispensam candidatos a emprego

Leia Também

Casagrande substitui secretário de Segurança Pública

Nesta terça-feira (07), assumirá o cargo, o coronel da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Alexandre Ofranti Ramalho.

Primeiro-ministro britânico é transferido para UTI

O primeiro-ministro do Reino Unido foi levado à uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em um hospital britânico, nesta segunda-feira (06).

Brasil contabiliza 553 mortes e 12 mil casos confirmados da Covid-19

O Brasil já contabiliza 12.056 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2). O número marca um crescimento de 8% em relação a esse domingo 905).

“Dias melhores virão”, diz Rainha Elizabeth II

Com mensagem de esperança, a rainha Elizabeth II agradeceu aos cidadãos britânicos que permanecem em casa para evitar o avanço da Covid-19.

Cargo errado e descrição prolixa são os principais problemas

Cada vez mais candidatos perdem uma vaga de emprego por informações confusas em seus currículos. Essa falta de clareza é, segundo os especialistas da área, um dos motivos para nem sequer convocar esses profissionais para uma entrevista.

“Se não entendo nem o que a pessoa escreve e o que quer dizer sobre ela é complicado considerar alguém assim para a empresa”, destacou a tecnóloga em Gestão de Recursos Humanos, Jocélia Ângela Gumiere da Silva.

Segundo ela, que também é conselheira do Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES), há candidatos que informam a nomenclatura dos cargos de forma a querer “valorizar” sua atuação e acabam não comunicando o que, de fato, faziam.

“No lugar de dizer supervisor da área tal colocam supervisor sênior da gestão. O que isso quer dizer? Ele era supervisor ou gestor?”, comentou a especialista.

Outra falha apontada é descrever as experiências de forma tão prolixa que dificulta a percepção do entrevistador. “Ao descrever assim o candidato permite que o recrutador tenha uma interpretação diferente daquela desejada abrindo precedentes para nem ser chamado”, acrescentou o administrador e superintendente do CRA-ES, Pedro Prêmoli.

Ele contou, ainda, que alguns profissionais omitem as informações em seus currículos. “Quando a pessoa faz um curso numa instituição vista com menor prestígio ela acha melhor não dizer onde se formou. É um erro, pois se convocado para a entrevista, certamente será perguntado sobre isso. A falta da informação pode revelar desleixo ou tentativa de engano. Uma impressão muito ruim”, alertou Prêmoli.

Ainda de acordo com Jocélia Ângela, muitos candidatos pecam também por não atualizar as informações pessoais do currículo, tais como, e-mail e telefone. “Também erram ao dar ênfase ao início da carreira, isto é, relacionar as experiências em ordem crescente. O ideal é disponibilizar essas informações do mais recente para o mais antigo”, disse.

Confira os erros mais comuns e acerte na produção!

– Nomenclatura dos cargos escrita de forma errada ou fantasiosa para impressionar o recrutador.

– Experiência profissional relatada de forma prolixa dificulta a percepção do recrutador.

– Instituição de formação considera de menor prestígio não é descrita. Recrutador pode entender como desleixo ou tentativa de engano.

– Informações pessoais erradas

– Experiência profissional em ordem crescente

– Redação ou linguagem inadequada

Matéria AnteriorPrograma próxima geração
Próxima MatériaPalestra em dose dupla
Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Plataforma inteligente é lançada no combate ao novo coronavírus no ES

A plataforma, criada pelo tenente-coronel Carlos Wagner, visa a fortalecer a prevenção e segurança contra a Covid-19 no Estado.

Recuperação de créditos tributários pode ajudar empresas capixabas

Uma alternativa para empresas do Simples Nacional e Micro Empreendedor Individual (MEI) é a recuperação de créditos tributários.

Rede de solidariedade para superar crise provocada pela pandemia

Para enfrentar os desafios da atual crise, a Associação Capixaba de Tecnologia (ACT!ON) acredita que é fundamental preservar os elos.

MEC autoriza colação de grau antecipada de médicos e enfermeiros

A medida vale para os alunos regularmente matriculados no último período desses cursos, desde que tenham completado 75% da carga horária

Vida Capixaba

Filme sobre o novo coronavírus já está pronto. Veja o trailer!

“Corona” é o nome do longa que será lançado em breve.O filme conta a história de sete pessoas presas em um elevador e uma delas está infectada.

Semana Santa marcada pela tradicional torta capixaba

A tradicional Torta Capixaba, um dos pratos mais tradicionais da época, será vendida nos estabelecimentos, apesar da crise causada pelo novo coronavírus.

Tempo: o que esperar para abril?

O mês de abril será marcado por temporais, chuvas volumosas e potencial para alagamentos. O mês começa com alerta e situação de perigo para chuvas fortes.

Camerata Sesi apresenta a live: “Café com Maestro”

Com o tema “Os benefícios da música na educação musical”, o maestro Leonardo David convida a musicista Fabi Cruz para a live nesta quarta (01), às 17h
Continua após publicidade