24.9 C
Vitória
sábado, 4 dezembro, 2021

Cristaleiras: peça atemporal e super presente no décor

Especialistas afirmam que a peça é versátil: “ela não está restrita à casa dos nossos avós”

O armazenamento de peças utilizadas em diferentes ocasiões, dentro da rotina de uma casa, é uma das questões que devem ser solucionadas pelo projeto de arquitetura de interiores.

Dentro da sala de jantar, as cristaleiras seguem em alta como móveis elegantes e funcionais para receber taças, copos e bebidas. Na cozinha, pode ser pensada para receber louças e travessas e, na sala estar, por que não empregá-la para expor livros e objetivos decorativos? Datado do século XVII, a cristaleira continua fazendo sucesso em diversos estilos do décor, que vão do clássico ao moderno, passando pelo retrô.

“A cristaleira é um recurso que emprego muito em meus projetos por acreditar na importância da função que ela exerce. A peça é uma forma organizada de deixar tudo mais acessível em um setor social da casa”, afirma a arquiteta Cristiane Schiavoni, à frente do escritório que leva o seu nome. Mas, afinal, no que consiste uma cristaleira? “É um armário de vidro para guardar. Ela pode ter diversos estilos, dependendo de cada necessidade”, completa.

Uma dica essencial é saber arrumar os itens dentro do móvel. Nada de deixá-los jogados de qualquer jeito, pois estarão sob o olhar de todos. Assim, a organização pode seguir a premissa de enaltecer os utensílios mais bonitos, vistosos ou com memória afetiva. “Essas são possibilidades que enaltecem a presença da cristaleira no ambiente”, revela a arquiteta.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade