24.9 C
Vitória
sábado, 16 outubro, 2021

CPI da Ales flagra falso veterinário em Marechal

Segundo a deputada Janete de Sá, presidente da CPI, o falso veterinário realizava castração de animais no município de Marechal Floriano

Por Josué de Oliveira

A CPI dos Maus-Tratos contra os Animais criada na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) flagrou um falso médico veterinário. Ele foi preso em Marechal Floriano, na região serrana do Estado.

A ação foi realizada em conjunta com a Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente, a Delegacia de Marechal Floriano e o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).

“As denúncias feitas à CPI davam conta de que um homem, que se passava por veterinário e atendia em domicílio, estaria realizando castração de animais sem capacidade técnica”, disse a presidente da CPI, deputada Janete de Sá (PMN).

Conforme a denúncia recebida pela CPI, a prática estaria causando “problemas de saúde, sofrimento, mutilações e óbitos em animais atendidos”.

Foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência do suspeito no centro de Marechal Floriano.

“O mandado de busca foi expedido pelo juiz Bruno de Oliveira Feu Rosa, da Comarca de Marechal Floriano após a CPI acionar as autoridades locais. Identificamos se tratar de um servidor da prefeitura de Domingos Martins.”, informou a presidente da CPI.

Segundo relatou, no local, foram encontrados materiais cirúrgicos e instrumentais, como bisturis, e medicamentos anestésicos de uso privativo de veterinário.

O suspeito foi preso foi preso por exercício ilegal da profissão e conduzido para a delegacia local, onde confessou estar realizando a castração de animais sem habilitação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade