26.6 C
Vitória
quarta-feira, 1 dezembro, 2021

Consultor da Red Bull queria que os pilotos pegassem a COVID-19

O conselheiro de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, queria que os pilotos de Fórmula 1 de sua equipe, fossem infectados com a COVID-19

A pandemia de coronavírus levou o atraso da temporada de 2020 do automobilismo. As oito primeiras corridas foram canceladas ou adiadas devido a medidas estritas de distanciamento social em todo o mundo.

Marko, que é conhecido por ter sido franco em suas opiniões durante seu longo mandato como consultor de Dietrich Mateschitz, acreditava que expor seus motoristas ao coronavírus agora os ajudaria a torná-los imunes no futuro, quando a temporada de corridas começar novamente.

Em uma entrevista em vídeo com a emissora de televisão austríaca ORF, Marko disse: “Temos quatro pilotos de Fórmula 1 (Max Verstappen, Alex Albon, Pierre Gasly, Daniil Kvyat) e oito ou dez juniores”.

“A ideia era organizar um acampamento onde pudéssemos superar esse tempo, mental e fisicamente. E esse seria o momento ideal para a infecção vir. “Estes são homens jovens fortes e com uma saúde muito boa. Dessa forma, eles estariam preparados sempre que a ação começar”.

Embora Marko estivesse convencido da ideia, ele disse que sua proposta não foi bem-sucedida com outras facções da Red Bull e foi abandonada. Disse que, em vez de forçar seus motoristas a ficarem doentes e se tornarem imunes, o foco agora é colocar todos eles em forma e focados durante esse período de inatividade.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade