20.5 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Confira como ficou a 1ª etapa da nova Orla de São Pedro após a inauguração

Revitalização ocorreu em mais de 1 km e inclui vagas de estacionamento, ciclovia, deques, Centro de Pescado e outros equipamentos

Por Kebim Tamanini

No último final de semana, os moradores de São Pedro e Ilha das Caieiras tiveram a entrega da primeira etapa da reurbanização com uma nova orla. Com um investimento de R$ 96.033.385,96 financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a obra vai muito além de melhorar a infraestrutura local; ela simboliza um passo para a valorização e o desenvolvimento econômico e social da região.

- Continua após a publicidade -

“Tem sido um dia muito feliz para todos nós que moramos aqui. Sabemos como era São Pedro antes, como tudo que passamos quando ainda havia o lixão e o mangue no meio da rua. […] Antes, a gente não podia andar na orla direito, mas agora podemos trazer nossas crianças e ficar aqui à vontade”, comenta a moradora de São Pedro, Arielly Pereira.

As intervenções realizadas abrangem uma extensão de 1,16 km e incluem a construção de estacionamentos, paisagismo cuidadoso, passeios contínuos com calçadas, ciclovia, deques, arquibancadas alagáveis, rampas e cinco atracadouros. Além disso, também houve a entrega do Centro de Pescado, anexo ao Museu do Pescador, a praça do Caboré, equipada com queimadores de mariscos, uma área de manutenção de barcos e a praça da quadra, pensada para promover atividades comunitárias.

Confira nas imagens como ficou a região com a reurbanização.

A nova orla faz parte do projeto “Vitória de Frente para o Mar”, que visa requalificar não apenas a orla de São Pedro, mas todas as orlas da cidade, com um design urbano que inclui calçadas acessíveis, ciclovias, píeres, jardins, mobiliário urbano moderno e a melhoria geral da mobilidade urbana. Além disso, busca-se impulsionar atividades econômicas locais, como restaurantes, quiosques e pontos de pesca, criando alternativas de geração de renda para os residentes.

Atualmente, outras fases do projeto estão em andamento. A segunda etapa, denominada Orla 1B, abrange os bairros Santo André, Redenção, Nova Palestina e Resistência, totalizando 4 quilômetros de extensão. Com um investimento de R$ 107.794.883,25, também financiado pelo BID, esta fase está programada para ser concluída ao longo de 28 meses.

Alguns meses atrás, a gestão municipal lançou um edital para a Orla 2C, que abrangerá os bairros Andorinhas, Santa Luiza e Pontal de Camburi. Este projeto, orçado em R$ 51.071.343,90, foca na elaboração de projetos básicos, executivos de engenharia e na execução das obras de urbanização, com previsão de conclusão em 24 meses. Entre as propostas para esta região, destacam-se a criação de uma via carroçável compartilhada, a ampliação dos passeios com decks ao longo da orla, rampas para barcos, arquibancadas alagáveis, atracadouros e instalação de equipamentos de lazer e esportes.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA