18 C
Vitória
domingo, 31 maio, 2020

Inspetora é a primeira mulher a comandar a Guarda Municipal da Serra

Leia Também

É preciso suplementar o que não conseguimos ingerir pela alimentação

Além da maioria das pessoas não se alimentarem corretamente, existem muitos nutrientes que nosso corpo não consegue produzir sozinho e são essenciais para a nossa vitalidade.

Crise econômica causada pelo novo coronavírus faz desemprego chegar a 12,6%

De acordo com o IBGE, são aproximadamente 4 milhões de brasileiros fora do mercado de trabalho nesse trimestre.

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Campanha visa a arrecadar alimentos para ajudar pessoas em situação de rua

Ao todo, serão entregues 150 almoços, com suco, água e sobremesa, e também um kit de higiene às pessoas em situação de rua.

Viviane Oliveira tem 27 anos e está à frente da equipe, composta por 106 agentes da segurança no município

Um novo ano começou e com ele novos desafios. Para a inspetora Viviane Aparecida Schlickmann de Oliveira não será diferente. Isso porque ela é a primeira mulher a comandar uma equipe da Guarda Municipal do município da Serra.

Com 27 anos, Viviane atua há dois anos na corporação e será a responsável por garantir a ordem e eficiência dos agentes. Ela tomou posse do cargo no dia 28 de janeiro, de acordo com a Lei Federal nº 13.022, que regulamenta as Guardas Municipais. Confira a matéria da posse aqui!

A inspetora Viviane ao lado do prefeito da Serra, Audifax Barcellos. – Foto: Reprodução

Em entrevista à ES Brasil, a comandante contou quais serão os desafios enfrentados, como será o trabalho integrado com a Polícia Militar e como será sua gestão ao longo dos próximos anos. Confira!

Como se sente sendo a primeira mulher a assumir o comando da Guarda Municipal da Serra, principalmente sendo tão jovem?

Sinto uma honra e orgulho muito grandes, ter o meu trabalho reconhecido é muito gratificante.

Quais os desafios que serão enfrentados?

Na segurança pública os desafios são constantes, vamos trabalhar para que sejam superados, valorizando a integração, atuando no combate ao crime contra o patrimônio e trabalhando de forma preventiva para manter a segurança dos patrimônios municipais.

O que esperar de sua gestão ao longo dos próximos anos?

Transparência, valorização da instituição e capacitação continuada aos agentes para que seja prestado um serviço cada vez melhor aos munícipes.

Como pretende dar continuidade à parceria com a Polícia Militar?

Nós da guarda municipal e a Secretaria de Defesa Social temos uma boa relação com todos os órgãos da segurança pública. Juntos poderemos traçar estratégias para ampliação da segurança e combate a criminalidade.

Acredita que por ser representante da classe feminina ajudará a empoderar outras mulheres a buscarem uma oportunidade como essa? 

Na minha instituição nunca enfrentei preconceito por ser mulher, mas sei que na sociedade ainda existem paradigmas em relação ao trabalho feminino. Acredito que essa oportunidade reforça que nós  (mulheres) somos capazes de exercer qualquer função.

A Serra registrou em 2018 um total 128 homicídios a menos em comparação ao mesmo período de 2017. Quais estratégias separa reduzir ainda mais esse número? 

A redução desses índices foi possível devido ao trabalho de integração das secretarias e dos órgãos do município com as demais instituições de segurança pública, pois segurança pública também se faz com políticas públicas que atendam as demandas sociais. Nesse sentindo, o trabalho preventivo de segurança é de extrema importância para a redução da criminalidade. É importante estabelecer vínculos e estar mais próximo a comunidade, isso facilita a intermediação dos problemas relacionados à violência.


Leia mais:

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Crise econômica causada pelo novo coronavírus faz desemprego chegar a 12,6%

De acordo com o IBGE, são aproximadamente 4 milhões de brasileiros fora do mercado de trabalho nesse trimestre.

Prejuízo com fechamento de shoppings centers capixabas chega a R$ 1 bilhão

Os shoppings centers da Grande Vitória estão fechados desde o dia 19 de março, por meio de um decreto estadual a fim de conter a pandemia do novo coronavírus.

PIB está 4,2% abaixo do pico observado no fim de 2014, diz IBGE

O resultado, segundo a instituição, é resultado do primeiro trimestre teve forte impacto da pandemia do novo coronavírus.

Maia diz que auxílio emergencial deve ser prorrogado, mas teme redução de valor

O presidente da Câmara dos Deputados afirmou que há um embate explícito dentro do governo, e do próprio Parlamento, entre priorizar investimentos públicos e privados.

Vida Capixaba

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda (1º)

De acordo com a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a decisão foi tomada durante uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública do Estado, realizada hoje. 

Como montar um cantinho lúdico e organizado para as crianças

Com as crianças em casa em tempo integral, as famílias se deparam com o desafio de manter a rotina de atividades escolares e brincadeiras.

Orquestra Sinfônica Sul Espírito Santo realizará apresentações on-line

A primeira apresentação da série "[email protected] Sinfônica In Live", será na próxima quinta-feira (04), a partir das 20h, pelas mídias sociais do projeto social Casa Verde.
Continua após publicidade