16.9 C
Vitória
sábado, 31 julho, 2021

Cinco filmes e séries que falam sobre relacionamento abusivo

A ES Brasil listou cinco filmes e séries que falam sobre relacionamento abusivo para você ficar alerta aos sinais e saber identificar se está (ou já esteve) em um.

Por Munik Vieira

O relacionamento abusivo não precisa chegar ao feminicídio para chamar a nossa atenção. Ou, ao menos, não deveria. No melhor dos mundos, as pessoas deveriam acordar para esta situação presente na nossa sociedade e executar a sororidade, ou seja, olhar mais para o próximo, sem esperar que as tragédias escancarem o que muitos abusadores da querem minimizar.

A pessoa pode estar há anos em um relacionamento tóxico e só se dar conta disso no meio do caminho ou quando acaba. Às vezes, a vítima não percebe que está sendo acuada psicologicamente e, infelizmente, isso pode se desenvolver em um futuro abuso físico.

Para ajudar a identificar os sinais e saber se você vive em um possível relacionamento abusivo, a ES Brasil separou cinco séries e filmes que falam sobre o tema. Confira!

Você (You)

Foto: Divulgação

Com duas temporadas disponíveis na Netflix, “Você” chama atenção por ser perturbadora e desenhar com todas as ferramentas possíveis as características de um abusador. Obsessivo e perigosamente charmoso, Joe (Penn Badgley) vai ao extremo para entrar na vida de quem o fascina. A vítima pode acabar fisgada sem nem perceber. Aí, pode ser tarde demais.

Cinquenta Tons de Cinza

Foto: Reprodução

Em Cinquenta Tons de Cinza, Dakota Johnson vive Anastasia Steele, uma estudante de literatura de 21 anos, romântica e virgem. Um dia, ela precisa entrevistar para o jornal da faculdade o jovem bilionário Christian Grey (Jamie Dornan). Nasce, então, uma complexa relação entre ambos: com a descoberta amorosa e sexual, Anastasia conhece os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objeto de submissão do sádico Grey.

Até aí, tudo bem. No entanto, tudo muda quando o fetiche sadomasoquista de Grey se transforma em dominação e controle sobre a vida pessoal de Ana. O empresário quer saber cada passo que ela dá. É possível perceber que o comportamento manipulador de Grey está sempre presente. Ele a persegue, rastreia seu celular para saber onde ela está, entre outros. Ou seja, um clássico relacionamento abusivo.

Assédio (Globoplay)

Foto: Reprodução

A série é uma obra ficcional, onde uma rede de mulheres se forma para denunciar os abusos sexuais cometidos por um médico respeitado. A saga começa quando uma delas rompe o silêncio e o denuncia por assédio. Com isso, diversas outras vítimas se juntam à com histórias semelhantes.

Dirty John – O Golpe do Amor

Foto: Reprodução

Dirty John, série disponível na Netflix, conta uma história real de quem procurava um amor em sites de relacionamento, criou interesse pela pessoa após o primeiro encontro e, em seguida, percebeu que ela não era tudo o que aparentava ser.

Dormindo com o inimigo

Foto: reprodução

Este tradicional filme de 1990, que fez sucesso pelo suspense com o final surpresa, fala sobre uma mulher que convive todos os dias com o seu agressor. Júlia Roberts é Laura Burney, uma jovem casada com Martin (Patrick Bergin). Os dois vivem uma vida aparentemente perfeita, no entanto, ela sobre violência doméstica. Assim, para escapar desta tortura diária, ela simula sua própria morte e foge para uma outra cidade, a fim de recomeçar sua vida com uma nova identidade. Após algum tempo ela se apaixona, mas seu marido descobriu indícios de que ela pode estar viva e decide encontrá-la de qualquer maneira.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade