21 C
Vitória
segunda-feira, 15 DE julho DE 2024

Ciclone extratropical deixa estragos em várias cidades

Chuvas fortes e rajadas intensas de vento causaram deslizamentos e alagamentos em algumas cidades do Sul e do Sudeste

Por Redação ESBrasil

O deslocamento do ciclone extratropical, que já passou por Santa Catarina e São Paulo, trouxe rajadas fortes de vento e estragos desde o início da madrugada de hoje (11) ao município do Rio de Janeiro. Em Santa Catarina, o fenômeno causou rajadas de vento de cerca de 90 quilômetros por hora. Algumas cidades, como a capital Florianópolis, registraram precipitação de quase 200 milímetros.

- Continua após a publicidade -

A Defesa Civil do estado alertou para a ocorrência de chuva persistente de intensidade forte com alagamentos, risco de enxurradas, deslizamentos e inundações. A ventania trouxe também apreensão a quem precisou sair de casa, por causa dos riscos de ser atingido por galhos e pedaços de objetos e até de telhas de coberturas de casas.

Ressaca

Além dos ventos fortes, a orla do estado registra ondas de até 4 metros (m). A ressaca que começou ontem (10) às 9h, segundo o aviso da Marinha, vai seguir até às 21h de amanhã (12).

As recomendações para evitar acidentes são não tomar banhos e nem praticar esportes no mar, não ficar à beira da orla ou em mirantes. A população deve evitar a navegação e as atividades de pesca, não pedalar na orla e não tentar resgatar vítimas de afogamento. Em caso de emergência, deve-se acionar os Bombeiros (193) e a Defesa Civil (199).

“Esse ciclone, que já vinha se formando, era observado nos últimos dias. No Rio, a chuva não vai ser com intensidade. Não é chuva em quantidade. Fizemos um aviso de acumulados de chuva que podem ser de 20 [milímetros] a 30 mm em uma hora e a situação de queda de temperatura”

“No caso desse ciclone, ele ficou bem tangente à Região Sul do país e veio se deslocando em direção a São Paulo e o Rio de Janeiro, daí os ventos tão fortes”, disse a meteorologista do Inmet, Marlene Leal, acrescentando que para o fim de semana, a previsão é de tempo bom, já se espera que o ciclone tenha se deslocado em direção ao oceano.

Normalmente formados nos oceanos em regiões tropicais, os ciclones são uma área com pressão atmosférica menor em relação ao seu entorno, com massas de ar que sopram ao redor de seu centro. Este, que afetou Santa Catarina, recebe o nome de extratropical por ter se originado em uma região de média latitude, fora dos trópicos. Agora esse ciclone está avançando na região Sudeste. Hoje (11) e amanhã (12), os ventos mais intensos devem atingir o nordeste de São Paulo, o sul Rio de Janeiro, de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Com informações de Agência Brasil.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA