Chuva deixa ruas alagadas na Região Sul do Estado

A madrugada desta quinta-feira (15), foi de muita chuva na Região Sul do Estado. Dentre as cidades atingidas,  Iconha, Cachoeiro de Itapemirim e Alegre foram as que mais ficaram prejudicadas.

Em Iconha a chuva fez com que os muros das casas fossem completamente cobertos, a água atingiu telhados e o primeiro andar de casas e prédios situados em regiões mais baixas.

Já em Cachoeiro de Itapemirim, uma escada desabou próximo ao supermercado Polonini, no bairro Alto Novo Parque.  O nível do Rio Itaperimirim subiu quase 3 metros. A Defesa Civil alerta sobre o perigo de alagamentos e deslizamentos.

No município de Alegre, a forte chuva alagou várias ruas dos bairros Vila do Sul e Vila Viana. A moradora Karine Buzon Carvalho conta que a cidade sofre toda vez que chove. “A água parece que não tem vazão, toda vez que chove forte acontece isso. No centro, por exemplo, sobe muito rápido. Fico sempre preocupada e com medo de entrar água na minha casa”, relatou.

Em decorrência da intensidade das chuvas em algumas regiões, o Governador do Estado Paulo Hartung, fará às 15h desta quinta-feira, uma reunião emergencial juntamente com os órgãos estaduais  e Defesa Civil para avaliar a situação, danos e ações necessárias.

Ainda de acordo com a Defesa Civil Estadual, os maiores acumulados de chuva em milímetros nas últimas 24 horas foram em: Castelo (122,17), Alegre (120,45), Cachoeiro de Itapemirim (102,06), Guarapari (99,25), Conceição do Castelo (83,8), Mimoso do Sul (79,6), Alfredo Chaves (72,8), Alegre (54,51), Guaçuí (38,17), Laranja da Terra (29,9), Santa Maria De Jetibá (22,68), Afonso Cláudio (21,1), São José do Calçado (20,4). Demais municípios tiveram acumulado inferior a 20 mm nas últimas 24h. (Fonte: Pluviômetros CEMADEN).

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome