26 C
Vitória
sábado, 13 abril, 2024

Centro de Operações de Vila Velha vai adotar modelo de “Cidade Inteligente”

Centro de Operações de Vila Velha vai adotar modelo de “Cidade Inteligente"“O dia de hoje é um marco para Vila Velha! Estamos vendo a preocupação da gestão com a qualidade de vida das comunidades”. Assim comemorou o morador de Araçás, Adilton Martins Barbosa, durante a solenidade desta terça-feira (14), em que o Prefeito Neucimar Fraga assinou a ordem de serviço para a construção do Centro de Operações de Vila Velha. A previsão é de que as obras de instalações do prédio fiquem prontas em maio e a inauguração se realize no mês de junho.
“Somos a segunda cidade do País que adotará o conceito de ‘Cidade Inteligente’. O maior diferencial deste projeto é a utilização da tecnologia para permitir que diferentes órgãos públicos e empresas prestadoras de serviços atuem de forma integrada para solucionar os desafios diários da cidade”, explicou o Prefeito.
A solenidade foi realizada na área em que o Centro será construído, na Rodovia Darly Santos, e contou com a presença de representantes do Governo do Estado, como o secretário de Estado de Ações Estratégicas, André Garcia, deputados estaduais e autoridades municipais.
O secretário André Garcia aproveitou a oportunidade para destacar o pioneirismo e empenho de Vila Velha no enfrentamento da violência. Ele destacou ainda algumas ações e projetos do município importantes para combater a criminalidade, como a criação da Guarda Municipal, implantação do sistema de videomonitoramento e implantação do Centro Integrado de Segurança, em Itapoã.
“Temos que reconhecer a participação e o esforço de Vila Velha quanto às iniciativas de controle e zeladoria. Essa postura do município é muito importante para o
trabalho eficaz e para os avanços na segurança pública. Parabenizo o Prefeito pelo protagonismo no setor, que é algo raro atualmente. Esta gestão tem demonstrado atenção especial com a população de Vila Velha”, destacou Garcia.
Durante a solenidade, Neucimar Fraga explicou que a construção do Centro de Operações é uma parceria do poder municipal com as empresas Rydien Mineração e Petrobras.

Centro de Operações
O prédio do Centro de Operações será um complexo tecnológico que vai auxiliar na gestão dos desafios diários de Vila Velha, além de produzir diagnósticos técnicos que irão subsidiar nas tomadas de decisão e no desenvolvimento de projetos estruturantes. Na unidade estarão interligadas as secretarias de Defesa Social, Planejamento, Governo, Trânsito, Serviços Urbanos e Administração, além da Ouvidoria da cidade.
O Centro de Operações também tem a proposta de antecipar soluções e aprimorar o atendimento das ocorrências. O sistema integrado possibilitará o envio de informações simultâneas que irão fornecer uma visão única da cidade e proporcionar ações proativas.
“Estamos transformando Vila Velha em uma cidade moderna. Este projeto é o melhor canal que identificamos para o monitoramento e controle total da cidade. Teremos a possibilidade de identificar e resolver os problemas do município com respostas imediatas, além de antecipar soluções e gerenciar crises”, afirmou o secretário de Planejamento Orçamento e Gestão, Jésus Gonçalves.
Para Antenor Avelino, morador do bairro Cobilândia há 33 anos, os avanços na cidade são reflexo de “muito trabalho e respeito. Por isso, ficamos mais que satisfeitos em perceber a atuação deste Prefeito, que tem diálogo com a cidade. Conhecer este projeto mais de perto, é perceber que teremos a possibilidade de interagir ainda mais com a Prefeitura. Será mais qualidade na segurança e em vários outros segmentos”, destacou o morador.

- Continua após a publicidade -

Estrutura
O Centro de Operação de Vila Velha será construído em uma área de, aproximadamente, três mil metros quadrados. O gerenciamento das informações será feito por meio de tecnologia de informação que possibilitará o monitoramento da cidade 24 horas por dia. A integração dos sistemas permitirá também o controle tático e operacional dos serviços.
A unidade contará, ainda, com o núcleo de fiscalização móvel, onde estará integrada a Defesa Civil, Posturas, Vigilância Sanitária, Trânsito, Zoonoses, Disque-silêncio, Segurança Aquática, Obras, e Finanças. A unidade também contará com o apoio (convênio) de entidades como Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ( Samu), Exército, Marinha, Correios, Cesan, Escelsa, entre outros.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA