18.3 C
Vitória
quinta-feira, 18 DE julho DE 2024

Manoel Goes

A ancestralidade negra do carnaval

Influências de países da Europa e grandes contribuições da cultura negra transformaram o DNA do carnaval em algo claramente brasileiro

O Museu Vale voltará

Fechado desde maio de 2022, Museu Vale será reaberto em 2025 no Armazém 4 do Porto de Vitória e ocupará também o prédio anexo

Os drones no réveillon

Além da tradicional queima de fogos de artificio nesse réveillon, tivemos a presença da tecnologia das imagens dos drones, com 400, 500 e em alguns lugares mais de 1 mil desses equipamentos. Estaria passando o show de fogos de artificio para a condição de coadjuvante nos céus do país em noite de contagem regressiva no início de um novo ano?

Samba, identidade nacional

O samba é um dos estilos musicais criados no país, e que é a cara do nosso povo

Nacionalismo, democracia e cidadania

Os símbolos nacionais, que são: a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as Armas Nacionais e o Selo Nacional, representam a nação brasileira e os fundamentos constitucionais

Homenagem do samba capixaba a Homero Massena

O genial pintor Homero Massena, nascido em Minas Gerais, mas apaixonado por Vila Velha, é enredo do carnaval da MUG em 2024

Festa da Penha é patrimônio cultural dos capixabas

Além do seu significado religioso, a Festa da Penha é uma das mais importantes festas para o movimento turístico capixaba, crescendo a cada ano

Liberdade com responsabilidade cidadã

Alcançamos o direito à liberdade de opinião e expressão, que inclui a liberdade de ter opiniões e transmitir informações e ideias, sem fronteiras

Uma Vila Velha de 487 anos de superação

Data da chegada da comitiva do fidalgo Vasco Fernandes Coutinho na, atualmente, Prainha, em Vila Velha

Historiador, o romancista do passado

A atividade de historiador está relacionada diretamente em estudar o passado da humanidade em suas várias vertentes e dimensões, embasado em evidências, e de forma crítica

Escritor, alquimista das palavras

Ser escritor tem a ver com dom, com vontade de contar histórias reais, fantasias, contos e ter a capacidade de fazer os leitores serem transportados para universos únicos, usando a literatura como instrumento

Arraial virtual outra vez

Enquanto a pandemia de Covid-19 avança, aqueles que se dedicam às quadrilhas juninas buscam alternativas para que o fogo não cesse e, quemsabe em 2022, volte a ocupar um lugar central nos festejos tradicionais do Nordeste

ECONOMIA

Continua após a publicidade

ARTIGOS

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -