Catalunha poderá declarar a independência este fim de semana

Protesto pró-independência da Catalunha
Foto: Lusa/EPA/JDIGES/Direitos Reservados

No último domingo (1º), 90% da população votou a favor da independência catalã, somando cerca de 2 milhões de pessoas.

O presidente catalão, Carles Puigdemont, afirmou que poderá declarar a independência da Catalunha no fim desta semana. A afirmação foi feitas à inglesa BBC, nesta terça-feira (3). Pouco antes, o Rei Filipe VI da Espanha fez um pronunciamento pela televisão a toda a população do país. O monarca considera que o governo catalão agiu com “deslealdade inadmissível”.

No último domingo (1º), cerca de 2 milhões de pessoas votaram a favor da independência catalã. Isso representa 90% da população. O governo espanhol afirma que o referendo foi ilegal e que não reconhecerá o processo. As informações são da Agência Brasil.

“Vamos declarar independência 48 horas depois de contabilizados todos os resultados oficiais. Isso provavelmente estará terminado assim que tenhamos todos os votos dos estrangeiros no fim da semana, e assim agiremos provavelmente durante o fim desta semana ou no início da próxima”, afirmou Puigdemont. O presidente catalão fará nova declaração na noite desta quarta-feira (4).

O Parlamento Europeu se reunirá na tarde desta quarta-feira com o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans. A intenção é debater sobre a constituição, o Estado de Direito e os direitos fundamentais na Espanha. O presidente catalão já declarou que espera que a União Europeia se envolva como mediadora do conflito. Ele disse à BBC que acha “muito decepcionante” que a UE não tenha escutado o povo catalão.

No entanto, a Comissão Europeia voltou a afirmar que a crise na Catalunha é questão interna da Espanha. Ao que parece, não tem intenção de mediar o conflito.

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome