24.9 C
Vitória
quarta-feira, 1 dezembro, 2021

Mais de 46 mil casos do novo coronavírus e mais de 1,6 mil mortes no ES

No total, são 46.893 casos confirmados. Destes, 27.580 estão curados

O Espírito Santo já registra 46.893 casos confirmados do novo coronavírus nesta terça-feira (30), de acordo com o “Painel Covid”, administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Destes, 27.580 já estão curados.

O número de mortes também subiu nas últimas 24 horas. São 1.647 óbitos, ante os 1.620 de ontem (29). O índice de letalidade está em 3,51%.

A Serra permanece em primeiro lugar no número de casos, registrando 7.668. Vila Velha vem em seguida com 7.657, Vitória (7.326), Cariacica (5.128) e Linhares (1.948).

Segundo a plataforma, até o momento, foram realizados 107.207 testes em todo o Estado.

Perfil

Dos pacientes infectados pela covid-19, a maioria são mulheres (24.311). O público masculino representa 22.572 dos casos. A faixa etária entre 30 e 39 anos representa 12.177 dos casos, enquanto pessoas entre 40 e 49 anos são 10.160 dos casos. As crianças de 0 a 9 anos totalizam 729 casos.

A maior parte dos pacientes infectados possuem comorbidades cardiorrespiratórias, diabetes, tabagismo, obesidade e renal.

Coronavírus

A doença é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Como até o momento não há tratamento específico para a doença, é fundamental manter alguns cuidados como o isolamento social, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a etiqueta respiratória:

– Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão;

– Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;

– Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade