27.1 C
Vitória
segunda-feira, 29 novembro, 2021

Câmara da Serra aprova auxílio municipal para população

Cerca de 42 mil famílias serão beneficiadas com o auxílio de R$ 500

Os vereadores da Câmara Municipal da Serra aprovaram, nessa quarta-feira (10), o Projeto de Lei nº60/2020 que pagará auxílio emergencial municipal no valor de R$ 500 por três meses a cerca de 42 mil famílias que moram no município. Agora, o projeto deve ser encaminhado para avaliação do Poder Executivo.

O presidente da Casa de Leis, Rodrigo Caldeira, destacou que devido a pandemia muitas pessoas não estão conseguindo levar alimento para suas casas, pois não conseguem trabalhar e que o valor do auxílio vai fazer a diferença para estas famílias que serão beneficiadas.

O vereadora Aécio Leite declarou ter orgulho de ter votado um projeto de tão grande importância para a população. Já Pastor Ailton também se disse orgulhoso pelos vereadores preocupados com as mais de 70 mil famílias abaixo da linha da pobreza no município. “É um projeto que vai beneficiar mais de 200 mil serranos que estão passando por um momento ímpar com esta pandemia”, reforçou.

Com isso, o deputado sugeriu que o calendário de obras (não essenciais) seja paralisado nesse período de pandeima para focar recursos públicos nas áreas da saúde e de assistência a população. “Toda obra tem sua importância, mas vivemos um período totalmente atípico, precisamos investir nas pessoas, dar dignidade a elas, depois pensamos em obras, tanto nas prefeituras quando no Estado”, pontuou.

Assembleia

Na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Vandinho Leite (PSDB) criou um Projeto de Lei semelhante. Ele também pede aos colegas parlamentares que ponham em votação o PL que cria auxílio no âmbito estadual.

“Agora é direcionar esforços para a Assembleia votar o auxílio estadual. O Estado não fez o dever de casa e agora estamos sob o risco do lockdown, se houve mesmo, como as pessoas vão se bancar?”, questiona o parlamentar.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade